Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Matéria Especial

Mesmo em Portugal, Zada ainda torce pelo Santa

Publicado: quarta-feira,28 de setembro de 2005
Por: CoralNET

O meia Zada, que participou de boa parte da campanha do Santa Cruz na temporada 2005 e depois se transferiu para o Acadêmico de Coimbra em Portugal, não esqueceu o Mais Querido após atravessar o Oceano Atlântico.

O jogador tem acompanhado diariamente as notícias do seu ex-clube e tem mantido contato semanal com os ex-companheiros.

Em uma matéria exclusiva para o site CoralNET, Zada falou sobre o sentimento que mantém pelo Santa e sobre o seu futuro profissional.

"Fiquei muito feliz com a vitória contra o Santo André. Esse é o caminho! Eu tinha certeza que com a mentalidade deste grupo, dificilmente não teríamos resultados positivos", confessou o meio campista, direto da sua residência em território português.

Zada, se diz bastante feliz com a campanha do Mais Querido na Segundona e principalmente pelo seus ex-companheiros. "Só nós, que conhecemos aquele grupo por dentro, sabemos o quanto eles são merecedores dos resultados positivos. Fiquei sabendo que os salários e as premiações estão sendo pagas religiosamente. Isso também é muito importante, pois demonstra reconhecimento pelo serviço prestado".


Há pouco mais de dois meses na Europa, Leonardo Martins Dinelli, de 28 anos, 1,75m e 74kg, ainda não está totalmente adaptado ao futebol local, mas se esforça para mostrar toda a sua capacidade. Morando sozinho, o atleta não vê a hora de se casar e poder ter a sua esposa ao seu lado. O evento está marcado para o dia 23 de dezembro.

A convivência com os brasileiros da sua equipe tem sido boa. Os ex-jogadores do Coritiba, Roberto Brum e Marcel, são os atuais companheiros de Zada. Mas o meia também está ansioso para conhecer Sidraílson e Rovérsio, atletas do Santa Cruz que estão atuando em Portugal e dos quais teve ótimas informações. "O Valença me falou muito deles, vou marcar para a gente se conhecer e falar do Santa" - conhecidentemente, as equipes se enfrentarão neste domingo (02/10) -.

Após 30 minutos de conversa, Zada teve que se ausentar para ir ao treinamento, mas antes de ir fez questão de deixar um recado para os tricolores. "Gostaria de deixar um grande abraço para todos os torcedores do Santa Cruz. Estarei daqui mandando minhas vibrações positivas para que no final possamos sorrir. Mando um abraço especial para o nosso comandante, o professor Givanildo de Oliveira, ao presidente Romero Jatobá, aos meus ex-companheiros e à todos que querem fazer o Santa um time de primeira".

Para terminar, uma pergunta que está na boca de todos os torcedores não poderia deixar de ser feita: Será que ele teria interesse em voltar para o Santa? O jogador fez questão de responder. "Sinceramente, quando vim para cá estava pensando em ficar aqui por muito tempo, mas talvez eu possa mudar de idéia. Quem vai dizer isso é o futuro".

Compartilhe:

Mesmo em Portugal, Zada ainda torce pelo Santa

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.