Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Matéria Especial

Embate entre juventude e experiência

Mais jovem técnico da Copa do Brasil, Dado enfrentará experiente Joel Santana

Publicado: terça-feira,16 de março de 2010
Por: CoralNET

Por Karlos Felipe

Nessa quarta-feira, o Santa Cruz receberá no Arruda, às 19h30, o Botafogo/RJ, pela segunda fase da Copa do Brasil. Em campo, o duelo entre duas tradicionais equipes do futebol brasileiro, fora dele, um embate entre juventude e experiência com os comandantes dos dois times. 

Se por um lado o Botafogo chega ao Recife tendo à sua frente Joel Santana, com 61 anos de idade, vários títulos e vindo de uma passagem recente no comando da Seleção da África do Sul, o Santa tem Dado Cavalcanti, de apenas 28 anos, mas que vem mostrando muita competência e bons resultados à frente do Terror do Nordeste.

Entre os 32 participantes remanescentes na Copa do Brasil, Dado é o técnico mais novo, enquanto Joel é o terceiro mais velho, estando atrás apenas de Geninho, do Atlético Goianiense, que tem os mesmos 61 anos, mas completará 62 em maio, e de Givanildo Oliveira, do Sport, que faz 62 em agosto, enquanto o técnico botafoguense só faz aniversário em dezembro. 

Dado reassumiu o Santa em um momento conturbado. A equipe vinha de uma derrota no clássico contra o Sport e já havia perdido os dois jogos anteriores. Demorou duas partidas, mas o trabalho do jovem comandante coral começou a surtir efeito. Após conseguir a primeira vitória, o time engrenou, venceu sete dos últimos oito jogos. No total, o aproveitamento de Dado é no comando é de 73,3% dos pontos disputados.

A história de Joel em sua atual passagem no Botafogo é semelhante. A equipe começou mal o Campeonato Carioca, sendo inclusive humilhada pelo rival Vasco em um clássico que acabou 6x0 para os cruzmaltinos. Porém, com a chegada de Joel o time reagiu e sagrou-se campeão da Taça Guanabara, o primeiro turno da competição, superando o mesmo Vasco na decisão.

No quesito títulos, a vantagem é do botafoguense, que já venceu campeonatos pelos quatro grandes do Rio e por Bahia e Vitória. Já Dado ajudou o Ulbra Ji-Paraná a conquistar o campeonato rondoniense e levou o Santa à conquista da Copa Pernambuco ano passado. Vitórias ainda modestas, mas que sinalizam um futuro promissor.

DADO NO SANTA - A história de Dado Cavalcanti com o Santa Cruz vem de longa data. Há dez anos o hoje treinador tentava a sorte como lateral-esquerdo nas divisões de base do Mais Querido. Chegou a ser profissional, mas como não teve oportunidades decidiu largar os gramados, mas não o futebol. 

Cursou Educação Física e passou a trabalhar como técnico, em Rondônia e no Distrito Federal. Voltou ao Santa em 2009 para ser o técnico dos juniores. Com a eliminação coral na Série D, passou a comandar o time principal na Copa Pernambuco, levando-o à conquista. Em 2010, com a chegada de Lori Sandri, ficou no cargo de auxiliar técnico. Porém, Lori saiu e veio então a oportunidade para Dado finalmente comandar o Tricolor de forma oficial.

Compartilhe:

Embate entre juventude e experiência

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.