Futebol Profissional

Pipico revela meta do início do ano e diz viver melhor momento no Santa Cruz

Publicado: segunda-feira,10 de junho de 2019, às 18:27
Por: Alexandre Ricardo

Com dois gols anotados diante do Confiança/SE, na vitória por 3x1 do domingo(9), o atacante Pipico chegou à vice-artilharia da Série C do Campeonato Brasileiro, empatado com Salatiel Júnior do Sampaio Corrêa/MA e Negueba do Globo/RN, todos com quatro gols e atrás apenas de Edson Cariús, do Ferroviário/CE, que já anotou seis tentos. 

Pelo Santa Cruz, nesta temporada, o camisa 9 já tem 13 gols marcados em 24 partidas disputadas. No ano passado, foram seis gols em apenas nove jogos durante a Série C. Números que representam a manutenção da regularidade do xodó da torcida coral. Um momento que o próprio Pipico considera como o melhor desde a sua chegada.

" Desde que cheguei, no dia 15 de junho de 2018, vim para conquistar o que eu ainda não tinha conquistado. Infelizmente não conseguimos o acesso. Esse ano está sendo maravilhoso, uma marca de gols muito boa. Vou trabalhar mais para melhorar e ajudar meus companheiros e o clube a atingir o acesso. Passei por grandes clubes na minha carreira, mas o que estou vivendo no Santa Cruz não tem comparação ", comentou Pipico.

Ainda no final do ano passado, quando o plantel coral deu o pontapé inicial para a pré-temporada, o atacante afirmou ter uma meta de gols para 2019. Lamentando o período sem jogos que passou, devido a uma lesão sofrida ainda no princípio das competições, Pipico acabou revelando o número estipulado. 

" Desde o início do ano, eu tinha uma meta de fazer entre 20 e 30 gols, jogando todas as partidas. Infelizmente tive uma lesão e perdi alguns jogos, me prejudicou um pouco. No Pernambucano, por exemplo, não fiz um. Mas minha primeira intenção é continuar ajudando meus companheiros, trabalhando no dia a dia. Restam 11 rodadas para o fim da primeira fase e quero continuar neste bom momento ", abriu o jogo.

 MOMENTO 
" Graças a Deus, as coisas estão acontecendo naturalmente. Da zona de rebaixamento, fomos para a segunda colocação. O professor Milton (Mendes) chegou e a gente tem buscado assimilar a filosofia. Uma troca de comando traz novo ânimo. Esperamos dar sequência a esses resultados positivos, que mudaram nossa situação na tabela ".

Foto: Assessoria de Imprensa/Santa Cruz

© 1996 CoralNET. Todos os direitos reservados.

Versão Clássica