Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

92,7

Classifique:

Futebol Profissional

Invicto no Arruda, técnico Martelotte comemora vitória magra e valoriza grupo

Publicado: sábado,22 de agosto de 2015, às 00:44
Por: Daniel Lima

Com a vitória magra do Santa Cruz em cima do Macaé/RJ por 1 a 0 na abertura do returno da Série B, o técnico Marcelo Martelotte segue sem perder no estádio do Arruda, chegando ao sétimo triunfo em sete jogos. Mesmo com todas as dificuldades ao longo da partida, ele comemorou bastante a conquista de mais três pontos na competição nacional e engrandeceu o seu grupo, analisando os pontos principais do confronto na noite de sexta-feira (21).

O treinador do Santa explicou as mudanças feitas e lamentou muito a saída inesperada de Bileu, que sentiu a coxa no começo do primeiro tempo. Segundo ele, a substituição afetou a característica da equipe. Para finalizar, Martelotte afirmou que não está preocupado com os desfalques para a partida contra o Paraná Clube/PR, no próximo sábado (29), destacando a força do seu elenco para suprir as ausências.

A PARTIDA
"Tivemos um primeiro tempo dentro do esperado, pois esperávamos encontrar dificuldades. Tínhamos uma proposta mais ofensiva e  ficamos um pouco mais expostos durante o jogo. A perda de Bileu (no início do primeiro tempo) mudou muita coisa. Ele era fundamental nesta forma de jogar, até porque Bruninho não tem a mesma característica. Não demos muitas chances para o adversário e o primeiro tempo foi truncado. Até tivemos chances com o Marlon pela esquerda e fomos para o intervalo com o 0x0, mas sem desespero", analisou.

MUDANÇAS
"Tirei Wellington (pendurado) e coloquei o atacante Luisinho aberto. As chances foram aparecendo e a iniciativa foi maior. Ficamos com um time bem ofensivo, com dois atletas no lado e dois atacantes centralizados. O João Paulo ajudou na marcação, mesmo tendo que sobrecarregá-lo. Ele ficou com a função de marcação para equilibrar o time", lembrou.

DESFALQUES
"Não existe essa preocupação de definir quem é titular ou reserva. Todos os atletas estão valorizados no grupo. É lógico que todos querem começar o jogo, mas independente disto, tenho ficado satisfeito com os atletas. Gostei do Luisinho como também gostei do Aquino e do Grafite. Fico satisfeito com as opções que temos", enalteceu.

DESGASTE
"Temos suportado bem, estamos tendo uma postura boa para nos defender. O adversário vai foi pra cima, mas tivemos uma boa postura, apesar do desgaste. Alemão sentiu e o Neris também (parte física). É lógico que existe o risco, principalmente pelo desgaste", encerrou.

OUÇA ENTREVISTA COLETIVA DO TÉCNICO CORAL

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Invicto no Arruda, técnico Martelotte comemora vitória magra e valoriza grupo

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.