Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Clássicos contra o Náutico trazem boas recordações a Renatinho, que aprova função mais recuada

Publicado: segunda-feira,12 de outubro de 2015, às 18:16
Por: Daniel Lima

O técnico Marcelo Martelotte deu indícios que não pretende mudar a forma ofensiva do time atuar. A ideia é continuar com o esquema tático 4-1-4-1 no Clássico das Emoções, no próximo sábado (17), no Arruda. Desta forma, o meia Renatinho deve ser mantido na equipe titular, mas com a função de jogar mais recuado, auxiliando em alguns momentos Wellington Cézar, único volante de ofício na formação. Automaticamente, João Paulo terá a responsabilidade de criar as jogadas de ataque.

Para Renatinho, jogar como espécie de segundo volante não será novidade, já que atuou dessa forma em um jogo do primeiro turno, na vitória contra o Bragantino/SP, pela 10ª rodada da Série B. "A equipe já jogou assim. Atuei como meia e também de segundo volante. Estamos jogando dessa forma há um bom tempo e precisamos manter a postura. Entramos no G-4 jogando assim", analisou o esquema tático que vem sendo utilizado há seis jogos seguidos.

Além do mais, o prata da casa tem boas recordações em confrontos contra o Náutico, no Arruda: em 2012, no dia 12 de abril, marcou o gol da vitória coral por 1 a 0 em cima do timbu pelo Campeonato Pernambucano, e em 2013, pelo jogo de ida da semifinal do estadual, voltou a decidir no triunfo por 1 a 0. Ele quer repetir a dose no final de semana.

LEMBRANÇAS
"É bom lembrar das vezes que enfrentei o Náutico. Isso será uma motivação a mais. Nos jogos no Arruda, sempre joguei bem e espero manter o mesmo retrospecto contra o adversário para sairmos com a vitória", disse.

CLÁSSICO
"É aquela velha história, clássico não tem favorito. O Náutico tem uma equipe forte e precisamos ter cuidado. Vai ser um clássico de igual para igual. Quem errar menos vai sair vitorioso. Vamos procurar errar o mínimo. Chegar com força e aproveitar no ataque, e também não vacilar lá atrás", alertou.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Clássicos contra o Náutico trazem boas recordações a Renatinho, que aprova função mais recuada

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.