Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

61,8

Classifique:

Futebol Profissional

Jogador que mais comete faltas na Série B, Wellington Cézar preserva postura mais temerária

Publicado: quarta-feira,21 de outubro de 2015, às 10:49
Por: Daniel Lima

Na maioria das jogadas, o volante Wellington Cézar exagera na força e, segundo o site de estatísticas Footstats, ele é o jogador que cometeu mais faltas na Série B, ao todo 94. Apesar do estilo mais “duro”, ele não se preocupou muito com a marca negativa e garantiu que não irá afrouxar na marcação. “Só tem eu na cabeça de área e, às vezes, faço falta para matar a jogada, para não ficarem no mano a mano com nossos zagueiros. Mas não ligo para isso. Quando tiver de fazer falta, vou fazer”, disse.

Diante do Atlético/GO, no sábado (24), o cabeça de área entra em campo pendurado, com dois cartões amarelos, mas prometeu a mesma pegada. Caso seja suspenso, Wellington Cézar destacou a força do grupo do Santa Cruz para suprir as ausências. “Vou dar o meu melhor independente de estar pendurado, até porque temos grupo. Se levar o amarelo, tem Moradei, Bruninho e Bileu para entrarem na equipe. Vou continuar dando o máximo. Estamos tranquilos, sabemos o que temos que fazer. Estou com dois amarelos, mas vou entrar com a mesma pegada firme”, assegurou. 

No esquema tático atual do Santa Cruz, pelo menos nos últimos seis jogos, Wellington Cézar tem sido o único cabeça de área da formação. Mesmo elogiando a contribuição de João Paulo, Daniel Costa ou Renatinho na marcação, ele tem ficado sobrecarregado para desarmar as jogadas de ataque do adversário. No entanto, negou esse fato. 

ESQUEMA
“Nesse esquema, João Paulo, Renato e Daniel (Costa) me ajudam muito e isso me deixa menos cansado. Os companheiros me ajudam”, minimizou. 

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Jogador que mais comete faltas na Série B, Wellington Cézar preserva postura mais temerária

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.