Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

73,5714285714286

Classifique:

Futebol de Mesa

Diretor do Santa Cruz desmente débito com o Internacional pelo contrato aditivo do meia João Paulo

Publicado: segunda-feira,26 de outubro de 2015, às 18:08
Por: Daniel Lima

Surgiu a informação que o Santa Cruz estava devendo R$ 300 mil ao Internacional após as partes entrarem em acordo em relação à extensão do vínculo do meia João Paulo. O diretor Jomar Rocha (foto) desmentiu o débito e disse: “Houve essa versão fantasiosa”. Segundo ele, o clube não pagou nada pelo contrato aditivo – válido até o dia 30 de novembro – do jogador e os valores foram acertados diretamente com o time de Porto Alegre, detentor dos direitos econômicos do atleta. 

“A história que a gente está em débito não procede. Houve uma extensão no contrato e não pagamos nada por isso. O jogador aceitou normalmente o termo aditivo no contrato. No final do ano, ele estará livre tanto do Santa Cruz como do Inter”, garantiu.  

Com isso, a história que os colorados bancaram os salários atrasados de João Paulo para evitar ação trabalhista, além do adiantamento dos salários do meia dele até o fim da temporada, não procede, segundo o dirigente do Santa falou em entrevista ao portal CoralNet.

Jomar Rocha ainda comentou sobre a negociação do contrato aditivo, que só teve um desfecho aos 45 minutos do segundo tempo. De acordo com o diretor, a situação contratual do camisa 10 é algo incomum no mercado de transferências do futebol e por isso o caso virou uma novela. Como o vínculo de João Paulo com o Internacional se encerraria no dia 23 de outubro e automaticamente acabaria o empréstimo com o Santa Cruz, ou seja, durante o Campeonato Brasileiro, o imbróglio demorou a ser resolvido, mesmo o clube coral entrando em contato com a CBF constantemente. 

“Antes do encerramento do contrato do atleta, a gente já vinha consultando a CBF com relação à situação. O caso de João Paulo é pouco usual em termos de transferência de jogador, pois o contrato dele com o Internacional acabava junto com o empréstimo. A idéia inicial nossa era fazer um novo contrato e daí entraria normalmente no BID. Pra gente parecia razoável a situação, mas outras pessoas diziam que não poderia fazer isso e que ele não poderia jogar pelo clube”, encerrou. 

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Diretor do Santa Cruz desmente débito com o Internacional pelo contrato aditivo do meia João Paulo

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.

Notícias Anteriores