Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

77,25

Classifique:

Futebol Profissional

Raniel supera momentos de angústia quando estava sem jogar: "Bola pra frente"

Publicado: terça-feira,27 de outubro de 2015, às 18:36
Por: Daniel Lima

Bola pra frente. Raniel ganhou uma nova chance para despontar no futebol. Em sua curta carreira, viveu momentos conturbados que serviram de lição. Aliviado por se livrar das punições - a última delas foi no dia 25 de setembro, imposta pelo Comitê Disciplinar da Fifa, por uso de substância ilícita -, o jovem de 19 anos evitou comentar sobre assuntos polêmicos, mas revelou certa angústia durante o tempo de inatividade.

"Estou muito feliz. Ficava todos os dias em casa me perguntando se iria voltar a jogar. Isso me deixava preocupado. Agora tudo acabou e é bola pra frente. Fico feliz por estar participando dos jogos", contou. O meia Raniel entrou no segundo tempo das duas últimas partidas, contra o Náutico e o Atlético/GO, mas a falta de ritmo de jogo pesou durante as atuações. Contudo, ele se colocou como opção para começar entre os titulares, diante do Criciúma/SC, nesta terça-feira (27), no estádio do Arruda.

"Entrei no clássico um pouco sem ritmo. Era muito tempo sem jogar. Estou realmente ansioso para mostrar meu futebol. Agora, é pensar jogo a jogo e o próximo será contra o Criciúma. Estou à disposição do treinador (Martelotte). Se ele optar por mim, estou preparado para atuar", completou o prata da casa.

PRESSÃO
Tratado como uma promessa do Santa Cruz, o meia Raniel negou qualquer possibilidade do seu futebol ser afetado pela pressão da torcida vinda das arquibancadas do Arruda. Pelo contrário, ele vê esse apoio dos torcedores como um combustível a mais para mostrar do que é capaz.

"Essa pressão da torcida não atrapalha. Acho bom que eles (torcedores) estão do meu lado, esperando algo a mais de mim. Vou dar meu máximo para melhorar e ajudar o time", minimizou.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Raniel supera momentos de angústia quando estava sem jogar: "Bola pra frente"

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.