Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

73,5714285714286

Classifique:

Futebol Profissional

Martelotte não revela escalação do Santa e descarta time defensivo para pegar o Bahia

Publicado: quinta-feira,5 de novembro de 2015, às 18:32
Por: Daniel Lima

Em busca de privacidade, o Santa Cruz realizou um treinamento de portões fechados na tarde desta quinta-feira (5). Após a movimentação no gramado do Arruda, o técnico Marcelo Martelotte se dirigiu até a sala de entrevistas e não revelou a escalação para enfrentar o Bahia/BA. No entanto, durante a semana ele deu mostras do time titular, mas, para dificultar as análises do adversário direto na briga pelo acesso, segurou a equipe que irá começar jogando no sábado (7), às 16h30, na Arena Fonte Nova.

Apesar do mistério, o Santa deve entrar em campo com Tiago Cardoso; Vítor, Danny Morais, Alemão e Allan Vieira (Marlon); Wellington Cézar, Bileu, João Paulo, Lelê e Luisinho; Grafite. Na entrevista coletiva, o técnico coral deu algumas pistas do time. Segundo ele, a possível entrada do volante Bileu no lugar de meia Daniel Costa ainda é uma das dúvidas. Outra incógnita é entre Allan Vieira e Marlon, ambos foram testados como titular na lateral esquerda na semana de treinamentos. O primeiro deles é o mais cotado para ser o camisa 6.

"Vou divulgar a escalação só no dia do jogo. Testamos algumas opções durante a semana e já tenho algumas ideias na cabeça. São poucas as alternativas para escalar algo diferente. Minha maior dúvida é sobre a escalação do Bileu ou do Daniel (Costa). Grafite respondeu bem ao trabalho, então deve jogar", despistou.

Caso o volante Bileu seja acionado, algo que deve acontecer, Martelotte descartou uma postura defensiva em Salvador. Para ele, o time pode ganhar mais consistência na marcação para neutralizar as investidas do adversário.

OFENSIVO
"Independente da formação, o time tem personalidade de buscar o jogo, utilizar a característica ofensiva. Isso não vai mudar. A possível entrada de Bileu pode fazer com que o time fique mais competitivo na marcação. Mas vamos buscar o jogo", assegurou.

EQUILÍBRIO
"Não existe ofensividade sem equilíbrio. Tivemos muitos jogos que a equipe se defendeu bem e ganhamos. Precisamos do equilíbrio. Conheço o elenco e sei quais são as nossas necessidades", afirmou.

CASA CHEIA
"Gosto de um jogo com torcida grande. E os jogadores também. É mais difícil tirar motivação de um clima frio e com o estádio vazio. Estádio cheio é bom, as duas equipes têm responsabilidades. O Bahia tem um elenco de muita qualidade, foi formado para subir. Também temos um time capaz e tem tudo para ser um jogo bem jogado, com virtudes nos dois lados", encerrou.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Martelotte não revela escalação do Santa e descarta time defensivo para pegar o Bahia

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.