Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

O Clube

Alírio Moraes coroa primeiro ano de gestão com acesso e título estadual e agradece ao ex-presidente ALN

Publicado: terça-feira,24 de novembro de 2015, às 14:32
Por: Daniel Lima

Alírio Moraes substituiu Antônio Luiz Neto à altura. Em seu primeiro ano na cadeira da presidência, o Mais Querido foi campeão do Campeonato Pernambucano 2015, ao vencer o Salgueiro na final, e conseguiu o feito do acesso à Série A. De fato, o atual presidente coral já entrou para a história, encerrando o primeiro ano da gestão com um título e um acesso, além de garantir a classificação para as Copas do Nordeste e do Brasil do ano que vem. O mandatário agradeceu ao seu sucesso, o ex-presidente Antônio Luiz. 

"Agradeço em especial ao presidente Antônio Luiz Neto. Quando recebi dele a responsabilidade de ser presidente, senti que ele não passaria isso pra qualquer pessoa. O sonho dele era terminar 2014 com o time na Série A, mas não aconteceu. Ele depositou confiança em mim e também em Constantino Júnior. Terminamos 2015 atingindo o seu sonho", exaltou o presidente coral.

O pontapé inicial para o ressurgimento do Santa Cruz no cenário do futebol foi em 2011. Na verdade, tudo começou no dia 28 de outubro de 2010, quando Antônio Luiz Neto, vereador do Recife, foi eleito presidente do clube, com 1.134 votos contra apenas 301 do candidato da oposição, Sérgio Murilo. Na ocasião, Fernando Bezerra Coelho, hoje senador, era o mandatário, sendo o responsável pela reforma estrutural do clube. Presidiu entre 2008 e 2010, deu a sua parcela de contribuição na reestruturação, mas no futebol não apresentou resultados satisfatórios.

No primeiro ano da gestão de ALN, o Santa Cruz começou a dar a volta por cima dentro de campo. Conquistou o Campeonato Pernambucano de 2011 em cima do Sport Recife, encerrando o jejum de cinco anos sem vencer o estadual e tirando o hexacampeonato do rival. No segundo semestre, o Mais Querido saiu do inferno da Série D, última divisão do futebol brasileiro, depois de três anos e subiu para a terceira divisão. Ainda perdeu a final da quarta divisão para o Tupi/MG, no Arruda, ficando com o vice-campeonato.

Em 2012, conseguiu o bicampeonato pernambucano, novamente sobre o Sport Recife, mas desta vez em plena Ilha do Retiro e no dia do aniversário do maior rival do Estado. Apesar da empolgação, o Santa frustrou a torcida coral após ser eliminado na primeira fase da Série C. Mesmo assim, Antônio Luiz Neto foi reeleito presidente do clube para o biênio 2013/2014. Derrotou de forma esmagadora Joaquim Bezerra, vice-presidente no primeiro mandato de ALN, com 1.636 votos contra 151 do adversário da oposição. 

O mandato de Luiz Neto em 2013 foi magnífico. O tricolor sagrou-se tricampeão pernambucano, em mais uma final contra o Sport Recife, pela segunda vez na Ilha do Retiro. Embalado após o título estadual, a Cobra Coral não perdeu o fôlego e chegou ao acesso à Série B, em jogo histórico contra o Betim/MG, no Arruda, e também foi campeão brasileiro da terceira divisão, quando derrotou o Sampaio Corrêa/MA. O ano terminou brilhante e com 100% de aproveitamento.

No último ano de ALN à frente da presidência, em 2014, o Santa Cruz festejou seu centenário sem conquistas. Perdeu a chance de se tornar tetracampeão estadual, derrotado pelo Sport Recife nos pênaltis na semifinal, na Ilha do Retiro. Os rubro-negros ainda eliminaram os corais na semifinal da Copa do Nordeste. Só restava o tão sonhado acesso à Série A, mas os tricolores não mostraram poder de decisão e permaneceram na Série B, terminando na 9ª posição, com 55 pontos.

O ex-presidente Antônio Luiz Neto deixou um saldo positivo: três estaduais conquistados, dois acessos e o título do Brasileiro da Série C, em quatro anos como mandatário. Simplesmente tirou o clube do fundo do poço e o reergueu no cenário nacional. Hoje, é o presidente da Comissão Patrimonial. Este ano, ele lançou o advogado Alírio Moraes, único candidato, que foi eleito por aclamação para o triênio 2015/16/17, maior mandato presidencial da história do Santa, no dia 11 de dezembro de 2014. Já Constantino Júnior, antes diretor de futebol, ficou como vice-presidente.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Alírio Moraes coroa primeiro ano de gestão com acesso e título estadual e agradece ao ex-presidente ALN

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.