Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

72,1

Classifique:

O Clube

Nota oficial do Santa Cruz Futebol Clube

Publicado: segunda-feira,30 de novembro de 2015, às 13:51
Por: Redação CoralNET

Desde a noite do último sábado (28), dezenas de torcedores do Santa Cruz Futebol Clube têm denunciado, por meios das redes sociais, uma série de agressões e tumultos no acesso às arquibancadas superior e inferior e no setor de sociais ocorridos no jogo contra o Vitória, realizado no sábado, no Arruda.

As principais queixas recaem sobre o processo de bloqueio e retenção dos torcedores em longas filas e na atuação violenta de alguns integrantes da Polícia Militar responsáveis pela organização do fluxo de entrada ao estádio.

Os torcedores falam do uso indevido do spray de pimenta e de atos violentos desnecessários praticados pelos policiais, que teriam gerado correria, derrubada das grades de proteção e até cenas de pisoteamento, expondo homens, mulheres, crianças e idosos.

Diante das denúncias, a Presidência do Santa Cruz Futebol Clube está encaminhando hoje pedido formal de investigação e esclarecimento dos fatos ocorridos ao Grupo de Trabalho de Combate a Violência no Futebol criado no âmbito do Governo do Estado e coordenado pelo Vice-Governador Raul Henry com o objetivo de prevenir e coibir a violência nos estádios. No ofício, estão anexados vários relatos de torcedores tricolores colhidos das redes sociais, inclusive vídeos.

O Grupo de Trabalho é composto por representantes de órgãos operativos da Polícia Militar de Pernambuco, instâncias do Judiciário estadual, Ministério Público, Prefeitura do Recife, Federação Pernambucana de Futebol, empresas operadoras de transporte urbano e diretores dos times da capital.

O Santa Cruz Futebol Clube, por meio de sua diretoria, reafirma o compromisso de defender os interesses e zelar pela integridade física e o conforto de sua imensa e fiel torcida. Os relatos dos torcedores são muito graves e precisam ser devidamente apurados para que tenhamos a garantia de que cenas e episódios lamentáveis como os que ocorreram no jogo do sábado não voltem a se repetir.

O Estádio do Arruda é a nossa casa, a casa da Torcida Mais Apaixonada do Brasil, e deve ser sempre um espaço de celebração do futebol e da paixão tricolor. A torcida é a maior protagonista deste espetáculo e tem que ser tratada à altura, devendo ser respeitada com relação aos direitos que lhe são inerentes e que fazem parte do Estatuto do Torcedor.

Assim, as agressões e violências praticadas contra ela são inaceitáveis, sendo certo que os responsáveis devem ser identificados, punidos e afastados definitivamente das operações de jogo. 

A atuação da Polícia Militar é fundamental para que os espetáculos ocorram de forma pacífica e o comportamento indevido e exacerbado de alguns componentes da Corporação não deve ser tolerado sob pena de manchar o importante trabalho prestado pela maioria dos que compõem a instituição.

Recife, 30 de novembro de 2015

Alirio Moraes, presidente do Santa Cruz Futebol Clube   

Compartilhe:

Nota oficial do Santa Cruz Futebol Clube

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.