Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

85,8333333333333

Classifique:

O Clube

Presidente Alírio Moraes avisa que o Santa Cruz não fará loucuras para renovar com o técnico Martelotte

Publicado: quarta-feira,2 de dezembro de 2015, às 15:21
Por: Daniel Lima

A prioridade do Santa Cruz nesse momento é renovar o contrato do técnico Marcelo Martelotte visando a temporada do próximo ano. Assim como o elenco, o treinador está muito valorizado após tirar o time da zona de rebaixamento e colocá-lo na Primeira Divisão do futebol brasileiro. O presidente Alírio Moraes voltou a comentar que o esforço é redobrado para manter o profissional, mas revelou que o clube não irá fazer nada fora da realidade, evitando dívidas num futuro próximo. 

“Vamos fazer todo tipo de esforço para manter principalmente o técnico Martelotte, que foi o grande responsável pela nossa arrancada (na Série B). Um treinador gabaritado e com um entendimento muito grande. Estamos discutindo essa questão com muito cuidado, pois não podemos assinar um contrato e não ter condições de pagar em dia”, afirmou. 

Confiante na renovação contratual do comandante coral e dos jogadores, o mandatário garantiu que as negociações estão sendo conduzidas pelo vice-presidente Constantino Júnior, responsável também por pilotar o departamento de futebol juntamente com o dirigente Jomar Rocha. 

“Já disse ao torcedor que eu não entro (nas competições) para perder. Estamos tendo cuidado nessas negociações, mas entendemos que os jogadores estão valorizados. Essas adequações já estão sendo feitas por Constantino (Júnior) e a expectativa nossa é que grande parte do elenco, inclusive os destaques, permaneçam conosco em 2016”, pontuou o presidente do Santa Cruz.

Compartilhe:

Presidente Alírio Moraes avisa que o Santa Cruz não fará loucuras para renovar com o técnico Martelotte

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.