Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

82,4

Classifique:

O Clube

Presidente e vice do Santa viajam até o Rio de Janeiro para negociar cotas de TV e buscar patrocínio

Publicado: terça-feira,15 de dezembro de 2015, às 07:31
Por: Daniel Lima

Pela segunda vez em menos de uma semana, o vice-presidente Constantino Júnior viajou novamente com o presidente Alírio Moraes, no final da noite de segunda-feira (14), para o Rio de Janeiro. Na pauta da diretoria, assuntos como negociação das cotas de televisão com representantes da Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro, e busca por novos patrocinadores visando a temporada 2016.

“Vou viajar para o Rio de Janeiro nesta segunda-feira com o presidente Alírio Moraes para tratar situações do clube. Vamos novamente na CBF. Também iremos nos reunir com a empresa detentora dos direitos de transmissão.  Vamos conversar com relação às cotas de TV e também sobre patrocinadores”, declarou o vice do Santa Cruz em entrevista concedida à Rádio Transamérica. 

Sobre os valores da negociação com a TV, o clube quer pelo menos receber entre R$ 20 milhões a R$ 25 milhões. Segundo o presidente Alírio Moraes, uma quantia menor que essa não será aceita, já que o Santa retornou para a Primeira Divisão. Este ano, apenas R$ 4,15 milhões, levando em consideração as cotas estabelecidas do Estadual e da Série B, foram recebidos. 

Além de correr atrás de recursos financeiros, o Santa Cruz começou as investidas para fechar com algum patrocinador, mas nomes de empresas não foram revelados. Portanto, a diretoria trabalha em silêncio para fechar um acordo que seja interessante para o ano que vem, quando o clube irá disputar quatro competições (estadual, Copas do Nordeste e do Brasil e Série A). 

Compartilhe:

Presidente e vice do Santa viajam até o Rio de Janeiro para negociar cotas de TV e buscar patrocínio

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.