Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

93,6363636363636

Classifique:

Futebol Profissional

Após acertar com o Santa por mais um ano, meia Daniel Costa diz que torcida motivou sua permanência

Publicado: quarta-feira,23 de dezembro de 2015, às 15:48
Por: Daniel Lima

Na última terça-feira (22), o Santa Cruz renovou o contrato do meia Daniel Costa por mais uma temporada, ficando no Arruda até o fim de dezembro da temporada 2016. Contente com o acerto, o jogador citou a torcida coral e disse que a consideração dos torcedores foi o que o motivou para seguir no clube.  “Primeiramente, queria agradecer o carinho da torcida. Esse foi um dos motivos que me fizeram continuar. Estou feliz pela permanência”, afirmou o armador em entrevista concedida à Rádio CBN. 

Durante a negociação com o Santa, o meio campista recebeu duas propostas oficiais do exterior, informação confirmada pelo seu próprio empresário, Paulo Serafim, e também foi assediado por outros clubes. Mesmo assim, ele deu preferência ao tricolor. A primeira oferta da direção não agradou ao representante nem ao jogador, mas após alguns reajustes – tempo de contrato de um ano e questão salarial – a situação ganhou um final feliz.  

“A princípio, houve aquele primeiro contato, quando o clube fez uma proposta. Naquele momento, o acerto estava distante, mas tudo acontece numa negociação. As coisas podem mudar, como aconteceu. A proposta melhorou e as partes chegaram a um denominador comum. Isso foi bom para os dois lados”, contou. 

Este ano, Daniel Costa nem sempre foi titular, no entanto acabou sendo peça importante para o acesso à Série A. Marcou sete gols – cinco de falta -, deu três assistências e jogou 19 partidas. Ganhou moral após tornar-se o homem da bola parada.  Ele chegou durante a Série B e foi contratado em maio deste ano.  

BASE

Para o meia Daniel Costa, o Santa Cruz larga na frente dos concorrentes, isso porque a diretoria tem conseguido manter a base para o ano que vem. O fato de a equipe sustentar a “espinha dorsal” pode ser um diferencial, até pelo entrosamento. Contudo, será preciso trabalhar forte durante a pré-temporada. 

“Sem sombras de dúvidas, a gente sai na frente. Mesmo que não tivéssemos esses jogadores, sairíamos da mesma forma, pois o Santa Cruz tem camisa e tradição. Mas com a base mantida, já temos um entrosamento e isso é ótimo para o treinador Martelotte. Com certeza, estamos na frente com relação à preparação, mas isso não ganha jogo. Temos que fazer uma boa pré-temporada, com muita concentração”, pontuou.  

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Após acertar com o Santa por mais um ano, meia Daniel Costa diz que torcida motivou sua permanência

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.