Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

88,2857142857143

Classifique:

Futebol Profissional

Atacante Grafite fala das suas expectativas com a camisa do Santa para 2016: título, artilharia e Série A

Publicado: quarta-feira,6 de janeiro de 2016, às 18:45
Por: Daniel Lima

Na sua primeira entrevista coletiva em 2016, o atacante Grafite falou das expectativas, meta individual, artilharia, título pelo clube, situação contratual, entre outros fatores importantes para a temporada. No ano passado, ele marcou sete gols em 15 jogos como titular e estreou - contra o Botafogo/RJ, no dia 8 de agosto, no Arruda -, faltando 21 rodadas para o término da Série B. Ainda por cima, contribuiu diretamente para o retorno do clube à elite do futebol brasileiro.

Este ano, o camisa 23 tem como objetivo conquistar títulos pelo Santa, mas não escondeu o desejo de ser artilheiro de alguma competição ou do time. Porém, não revelou quantos gols pretende marcar e elogiou dois atacantes recém-contratados pelo rival, ressaltando a concorrência em busca da artilharia.

"Todo atacante vive de gols. Fazendo isso será bom, pois vou conseguir ter minha autoconfiança como antes. Falar em artilharia é difícil. No Campeonato Pernambucano terá vários jogadores de qualidade. O próprio Walter (recém-contratado pelo Sport), Tulio de Melo (reforço do Sport). Aqui temos Arthur (atacante do Santa). Mas eu tenho uma meta de gols, só não vou falar para não gerar expectativa. Quero jogar em um grande nível e marcar gols", disse.

TITULOS
"Um título de expressão é importante. O acesso à Série A é um título pessoal, que foi muito festejado, mas quando você ganha um Pernambucano ou uma Copa do Nordeste, fica marcado. É o meu objetivo com a camisa do Santa. Seria a importante tanto pra mim como para o clube. O ano de 2016 promete bastante e a expectativa é grande por parte da torcida", declarou.

CONTRATO
"Acaba no mês de julho. Toda vez que falo com o presidente (Alírio Moraes), ele diz que vou ficar aqui por mais dois, três anos. Mas não foi falado nada ainda. Meu contrato acaba antes da metade do Brasileiro, mas antes tem o Pernambucano e a Copa do Nordeste. Se fala muito da Série A, mas os primeiros capítulos são as competições do início do ano", detalhou.

SÉRIE A
"Pelo que conheço do futebol brasileiro, creio que serão jogos mais tranquilos. Terei mais espaço para jogar contra os chamados clubes grandes, até porque eles procuram mais atacar. Série B é mais difícil de jogar por falta de espaço, pelo nível técnico que não é tão bom e pelos gramados. Na Série A tem mais espaço, mas o nível técnico é maior pela qualidade das outras equipes. Temos que nos desdobrar mais na marcação. As chances vão aumentar e cabe a mim estar preparado", encerrou. 

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Atacante Grafite fala das suas expectativas com a camisa do Santa para 2016: título, artilharia e Série A

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.