Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

93,6363636363636

Classifique:

Futebol Profissional

Edson Kolln, Dedé e Arthur são apresentados e exaltam desafio de defender o Santa Cruz em 2016

Publicado: quinta-feira,7 de janeiro de 2016, às 11:29
Por: Daniel Lima

O Santa Cruz apresentou oficialmente três jogadores na manhã desta quinta-feira (7). Após os reforços entrarem na sala de entrevistas, eles vestiram a camisa coral e falaram suas primeiras palavras como atletas tricolores. Durante a coletiva, os novos contratados comentaram um pouco das suas características, revelaram as expectativas para a temporada 2016 e agradeceram a oportunidade dada pelo clube.

O primeiro a conceder entrevista foi o goleiro Edson Kolln, que contou suas qualidades debaixo das traves e até disse que é especialista em defender penalidades máximas. "Tenho uma boa postura e saio bem do gol. Também sou pegador de pênalti, pois sempre procuro analisar os batedores adversários", disse.

Em seguida, o arqueiro afirmou que conseguiu alcançar uma das metas particulares da sua vida. "Era o objetivo da minha vida chegar em clube de Série A, de torcida e de massa. Alcancei isto e vou trabalhar muito", ressaltou.

Logo depois, o volante Dedé, velho conhecido da torcida coral, se mostrou otimista para exibir seu futebol na terceira passagem pelo tricolor do Arruda. Antes, defendeu o clube em 2010 e 2013, e agora, com 28 anos, tem a chance de jogar na elite do futebol brasileiro. "Creio que retornar vai ser bom. Acredito que poderei ajudar a equipe. Sempre fui muito feliz no Santa Cruz. E esta oportunidade de voltar, com o clube na Série A, foi excelente", disse.

Por fim, o jovem Arthur, de 23 anos, detalhou um pouco da sua trajetória. Conseguiu sua melhor sequência no ano passado, quando atuou pelo Atlético/GO, marcou 12 gols e foi o artilheiro do time na passagem vitoriosa. Também lembrou que trabalhou com o técnico Marcelo Martelotte no time goiano e sob comando do treinador era utilizado como centroavante, vestindo até a camisa 9.

"Fiz minha base no Iraty/PR, tive boas passagens no Londrina/PR, ajudei o Figueirense/SC a subir de divisão. Voltei para o Londrina, fiz um bom estadual e marquei 10 gols. Fui para o Flamengo/RJ e não consegui ir tão bem. O Atlético/GO abriu as portas, atuei bem na Série B, marquei 12 gols e por isso estou aqui hoje. Joguei com o Martelotte como centroavante. Acredito que, aqui, a função será diferente", pontuou.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Edson Kolln, Dedé e Arthur são apresentados e exaltam desafio de defender o Santa Cruz em 2016

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.