Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Wellington Cézar não crê em ser dono da posição no Santa Cruz e projeta evolução

Publicado: sexta-feira,8 de janeiro de 2016, às 13:34
Por: Daniel Lima

Após sucesso na temporada passada, o volante Wellington Cézar vislumbra um 2016 de vitórias, conquistas e, também, de crescimento na carreira. Mesmo tendo conquistado o seu espaço e conseguido ser titular absoluto do Santa Cruz no ano anterior, ele ainda tem dúvidas quanto à titularidade nas competições que estão por vir. Para continuar com prestígio na equipe comandada pelo técnico Marcelo Martelotte, o prata da casa prometeu o mesmo empenho nos treinamentos. 

"Independentemente de qualquer coisa, vou continuar trabalhando. Espero continuar com a mesma pegada, com a mesma felicidade que tive em 2015. Um ano de conquista, sempre jogando e sendo feliz. Vou estar à disposição do professor (Marcelo Martelotte). Irei trabalhar da melhor forma possível para ter oportunidade e fazer um bom trabalho”, afirmou.

COMPETIÇÃO
"Claro que Série A é mais difícil que Série B. A pressão vai aumentar. A gente tem sempre que melhorar em tudo, aspecto físico, técnico. Vamos ser mais exigidos. Quero aperfeiçoar meu passe, minha marcação e tudo para fazer bons campeonatos”, emendou.

RESPONSABILIDADE
"A responsabilidade aumenta na Primeira Divisão. Nós (jogadores) já estamos cientes disso. Vamos estar bem preparados para fazer uma boa Série A. Tenho conversado com Vítor e ele me disse que é uma boa competição, mas não é nenhum bicho de sete cabeças. Agora é se preparar na pré-temporada, mas antes temos que pensar no Pernambucano e na Copa do Nordeste. Depois, focamos na Série A", finalizou.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Wellington Cézar não crê em ser dono da posição no Santa Cruz e projeta evolução

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.