Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

O Clube

Santa Cruz ainda sonha em fechar patrocínio com a Caixa Econômica em 2016

Publicado: sábado, 27 de fevereiro de 2016, às 06:34
Por: Daniel Lima

O fim da parceria entre Caixa Econômica Federal e Corinthians/SP pode facilitar um acordo do Santa Cruz com o banco. Como o clube paulista não renovou o contrato, a instituição financeira tem R$ 30 milhões livres, valor que iria para o Parque São Jorge,  para investir no futebol.

Recentemente, o deputado federal Silvio Costa (PTdoB-PE), ao saber da notícia, encontrou-se com a presidente da CEF, Miriam Belchior, e fez uma reivindicação para que o Santa e o Náutico tenham patrocínio do banco público, já que atualmente o rival Sport Recife recebe R$ 6 milhões anuais.

“Acho importante o Sport receber o patrocínio da Caixa, porém é injusto. O mais coerente é que Santa e Náutico tivessem o mesmo tratamento, pois não desequilibraria o futebol pernambucano. Hoje, o Nordeste tem três clubes na Série A e pedi para a presidente analisar a possibilidade dos tricolores e alvirrubros serem contemplados com o apoio da Caixa”, disse em entrevista exclusiva ao Portal CoralNET. 

Silvio Costa, vice-líder do governo, saiu bastante esperançoso do encontro. Segundo ele, Miriam Belchior não vê problema em a Caixa Econômica fechar com o Santa, mas deixou claro que existem detalhes burocráticos para que aconteça um desfecho. “Fiquei muito animado quando a presidente me disse que se a documentação estiver toda correta, dentro dos critérios, não haverá dificuldade para se firmar um acordo”, contou. 

O Santa Cruz luta para ter o aporte financeiro da Caixa desde o último ano da gestão do presidente Antônio Luiz Neto, em 2014. Durante esse tempo, o clube precisou equacionar as certidões negativas de débitos (CNDs) junto à Receita Federal para cumprir os requisitos fiscais e conseguir o perdão da dívida tributária com a União.

A não renovação da Caixa com o Corinthians/SP animou Constantino Júnior, vice-presidente do Santa. Ele declarou que o clube tem se esforçado para fechar com o patrocinador máster visando a temporada 2016.

“Vamos aguardar. Quem pensa que o Santa Cruz está morto e não vai conseguir pode se surpreender. O clube está buscando essa vaga. A gente vai fazer um esforço forte para contar com este patrocínio. Certamente, a desistência do Corinthians motivou o Santa. De repente, um encontro em Brasília pode fazer a gente acertar este patrocínio”, afirmou. 

Caso não tenha êxito na negociação com o banco, que pretende investir R$ 83 milhões nos clubes do Brasil neste ano, o dirigente já outra saída. ”Se não for a Caixa, vem outro”, garantiu.  

Compartilhe:

Santa Cruz ainda sonha em fechar patrocínio com a Caixa Econômica em 2016

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.