Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

85,8333333333333

Classifique:

Futebol Profissional

Na volta ao Rio de Janeiro, Léo Moura atua na lateral direita e recebe elogios do técnico do Santa

Publicado: domingo,22 de maio de 2016, às 16:57
Por: Redação CoralNET

Com a ausência de Vítor, machucado, o técnico Milton Mendes não pensou duas vezes e escalou Léo Moura na lateral direita diante do Fluminense/RJ. No empate em 2 a 2, em Volta Redonda, o experiente atleta teve a segunda chance na posição de ofício desde que chegou ao Santa Cruz. Anteriormente, tinha jogada na função pela segunda fase da Copa do Brasil contra o Vitória da Conquista/BA. A boa atuação do camisa 2, até surpreendente, foi motivo de elogios feitos pelo treinador após o jogo do último sábado, válido pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. 

“Léo (Moura) fez o papel dele muito bem. Depois, quando levamos o segundo gol, precisávamos arriscar um pouco mais. No tempo que ele esteve em campo, foi bem. Ele vinha há algum tempo sem jogar, mas foi bem no primeiro tempo. Fechou na marcação e apareceu no ataque. Estou muito feliz com ele”, disse Mendes. 

Léo Moura não aguentou os 90 minutos do confronto e foi substituído aos 24 minutos do segundo tempo pelo atacante Everaldo, que fez a sua estreia pelo Santa. Durante o tempo que esteve em campo, ele criou boas jogadas ofensivas pela linha de fundo e se destacou na marcação. Inclusive, conseguiu recompor bem defensivamente. Com a saída do lateral direito, o atacante Arthur atuou improvisado no setor. 

Este ano, o jogador de 37 anos, o mais velho do elenco ao lado do atacante Grafite, atuou em sete jogos, apenas três deles como titular. Assim que desembarcou no Arruda, ele afirmou que jogaria de meio de campo, mas se colocou à disposição para exercer a função de origem. 

Volta ao Rio de Janeiro

Após quase um ano, Léo Moura voltou a jogar futebol no Rio de Janeiro, onde atuou no Flamengo/RJ, Vasco da Gama/RJ e Botafogo/RJ. Pelo Fla, sagrou-se campeão oito vezes em dez anos – 2005 a 2015. Diante dessa rivalidade, ele foi perseguido pela torcida do Fluminense/RJ, sendo vaiado em vários momentos da partida. 

ENQUETE NO TWITTER: Léo Moura deve ser mantido no time titular do Santa Cruz?

 

Compartilhe:

Na volta ao Rio de Janeiro, Léo Moura atua na lateral direita e recebe elogios do técnico do Santa

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.