Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

31,6923076923077

Classifique:

Futebol Profissional

Por ordem clínica, Grafite e Keno não jogam sétima partida na Série A e Santa descarta negociação

Publicado: segunda-feira,13 de junho de 2016, às 10:44
Por: Redação CoralNET

Na derrota para o Santos/SP por 2 a 0, no Arruda, o Santa Cruz sentiu na pele os desfalques de Grafite e Keno. Machucados, os atacantes foram vetados pelo departamento do clube e fizeram muita falta, notoriamente, no jogo do último domingo, válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Os substitutos dos jogadores de ataque foram Bruno Moraes e Fernando Gabriel, que tiveram atuações discretas.

Autores de oito dos 11 gols marcados pelo Santa na Série A, Grafite e Keno não realizaram a sétima partida com a camisa coral na competição. Sendo assim, ambos estão livres para jogar a Primeira Divisão por qualquer outro clube, desde que sejam negociados. Sobre se o motivo da ausência dos atacantes seria uma possível transferência, o técnico Miton Mendes descartou logo essa possibilidade e enfatizou que eles estão lesionados.

"Quero deixar bem claro que os jogadores não atuaram porque não tiveram condições clínicas. A diretoria não entra no departamento médico. É outro âmbito. Não têm nada a ver", disse o treinador.

Por conta de um edema na coxa direita, Grafite ficou impossibilitado de entrar em campo. Já Keno, que chegou a ficar concentrado com a delegação, passou por testes no vestário, mas por conta de uma tendinite no joelho direito foi vetado pelo DM. A expectativa é que a dupla volte a ficar à disposição do técnico Milton Mendes no jogo diante do Figueirense/SC, na próxima quarta-feira (15), no estádio do Arruda.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Por ordem clínica, Grafite e Keno não jogam sétima partida na Série A e Santa descarta negociação

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.