Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

44,1428571428571

Classifique:

Futebol Profissional

Em busca de três a quatro reforços, vice-presidente do Santa diz que pode anunciar nomes esta semana

Publicado: segunda-feira,4 de julho de 2016, às 09:37
Por: Redação CoralNET

A semana promete ser de novidades nas Repúblicas Independentes do Arruda. Na busca de reforços, a diretoria do Santa Cruz pretende contratar de três a quatro jogadores para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série A. Para manter as negociações em sigilo, o vice-presidente Constantino Júnior não revelou as posições e segue com a tática de fazer mistério quando o assunto é contratações.  Além disso, preferiu não falar em prazo para a chegada das novas caras.

“Posição não vou falar ou definir para não criar uma expectativa, mas vamos atrás de três a quatro reforços. Negociação de Série A é algo que se arrasta por mais tempo até pela dificuldade do mercado. O sigilo faz parte do negócio. Não falar de nomes tem sido melhor para não atrapalhar as negociações”, afirmou em entrevista concedida à Rádio Jornal. 

Com uma reunião marcada para esta segunda-feira (4), a expectativa é que ainda nesta semana os reforços sejam anunciados pela direção. “Certamente durante essa próxima semana vamos ter boas novidades para a torcida do Santa. Estamos atentos ao mercado. Temos programada uma série de reuniões, junto com o presidente e o departamento de futebol, para fechar algumas negociações”, disse o vice-presidente Constantino Júnior. 

Até agora, o Santa Cruz contratou dez jogadores para a Série A: Wellington, Luan Peres, Roberto, Mário Sérgio, Jadson, Derley, Marion, Fernando Gabriel, Everaldo e Alex Bolaño. Desses, os dois últimos já foram desligados do clube com menos de dois meses. 

Compartilhe:

Em busca de três a quatro reforços, vice-presidente do Santa diz que pode anunciar nomes esta semana

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.