Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

20,6

Classifique:

Futebol Profissional

Santa é o segundo time que mais perdeu na Série A, mas Milton Mendes segue no comando

Publicado: segunda-feira,1 de agosto de 2016, às 15:31
Por: Daniel Lima

A queda de rendimento do Santa Cruz não é vista pela diretoria como culpa do técnico Milton Mendes, que segue até então no comando da equipe. O início do treinador à frente do clube foi fantástico: 16 jogos de invencibilidade (nove vitórias, sete empates e um aproveitamento de 70%) e dois títulos consecutivos - Campeonato Pernambucano e Copa do Nordeste. Depois de tantas alegrias, momentos de turbulência.

Após cair nas graças da torcida coral, Milton Mendes parece ter perdido o prestígio de parte dos torcedores. Inclusive, nas redes sociais, alguns deles já pedem a saída do técnico. Mesmo com apenas duas vitórias e um empate nos últimos 15 jogos - aproveitamento de 15,5% -, o vice-presidente Constantino Júnior garante a continuidade do comandante tricolor, independentemente dos maus resultados no Campeonato Brasileiro da Série A.

"Não é questão de prazo. Não podemos estipular isso. É importante que se tenha sequência. A gente só não analisa um jogo o outro. A gente vivencia o dia a dia do clube e observamos o que tem sido feito nos treinamentos. É questão de comando e não analisamos apenas resultado", declarou.

No último sábado (30), na Arena Independência, o Santa Cruz conheceu a sua décima derrota na Série A. Só o lanterna América-MG perdeu mais do que os corais - 12 vezes. Além de estar na zona de rebaixamento e atravessar uma situação desconfortável, os tricolores têm missões árduas antes do fim do primeiro turno: na próxima quinta-feira (4), em Porto Alegre, pega o Grêmio, e depois o São Paulo/SP, no Arruda.

Compartilhe:

Santa é o segundo time que mais perdeu na Série A, mas Milton Mendes segue no comando

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.