Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

Doriva chega ao Recife e coloca resgate da confiança como caminho para recuperar o Santa Cruz

Publicado: sábado,13 de agosto de 2016, às 10:09
Por: Daniel Lima

Horas depois de ser anunciado oficialmente pela diretoria, Doriva desembarcou em solo pernambucano, no Aeroporto Internacional dos Guararapes, no final da noite da última sexta-feira. Na chegada ao Recife, o técnico falou do desafio de comandar o Santa Cruz durante todo o returno do Campeonato Brasileiro da Série A. O novo treinador tem um único objetivo à frente do tricolor: livrar o clube do rebaixamento. E por isso ele chega com muito otimismo e confiança para tentar fazer história no Arruda.

"Seria um feito para a minha carreira e é por isso que estou aqui e aceitei o convite. O Santa Cruz não pode ficar na zona de rebaixamento e nós vamos fazer de tudo para que as coisas aconteçam da melhor maneira para conseguirmos o objetivo", declarou.

Além da missão de organizar o time, o técnico Doriva também vai precisar trabalhar o lado motivacional do elenco tricolor. Como o Santa está na zona de rebaixamento, ocupando a 19ª posição (vice-lanterna), com 18 pontos, os jogadores perderam um pouco da confiança e por isso o novo treinador já pensa em levantar a autoestima do grupo.

"Tenho que mostrar a esses atletas que eles têm condições de jogar em grande nível e fazer um grande campeonato. Sabemos que precisamos recuperar a confiança dos atletas e nada melhor do que vitórias para voltar a ter a confiança de outrora e conquistar resultados expressivos", disse.

Como treinador, o primeiro clube de Doriva foi o Ituano/SP em 2013, quando sagrou-se campeão paulista. No ano seguinte, comandou o Atlético/PR. Em 2015, dirigiu o Vasco/RJ, a Ponte Preta/SP e o São Paulo/SP. No time carioca, foram 33 partidas - 15 vitórias, nove empates e nove derrotas - e um título carioca. No Tricolor paulista, teve 33,3% de aproveitamento, com duas vitórias, um empate e quatro derrotas.

O último time do treinador foi o Bahia/BA. Contratado no final do ano passado pelos baianos, ele esteve à frente da equipe em 36 partidas oficiais, com 23 vitórias, seis empates e sete derrotas, aproveitamento de 69%. No dia 19 de junho, ele acabou sendo demitido e durante esse tempo estava sem clube até aceitar o convite feito pelo Santa Cruz.

Foto: João Victor Amorim/Rádio Jornal

Compartilhe:

Doriva chega ao Recife e coloca resgate da confiança como caminho para recuperar o Santa Cruz

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.