Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

Doriva enxerga situação grave no Santa e cobra reação imediata para lutar contra o rebaixamento

Publicado: segunda-feira,22 de agosto de 2016, às 13:16
Por: Daniel Lima

A derrota para o Fluminense/RJ no Arruda aumentou o jejum de vitórias do Santa Cruz. Já são sete jogos sem saber o que é vencer no Campeonato Brasileiro da Série A. Para agravar a situação, a equipe coral segue na vice-lanterna, 19ª colocação, com 19 pontos, e está cada vez mais se afundando na zona de rebaixamento. Depois de estrear no comando técnico perdendo,  Doriva reconheceu que o cenário é grave, mas isso não significa que o treinador tenha jogado a toalha. Pelo contrário, ele acredita numa melhora, mas cobrou uma reação rápida. 

“Situação muito grave. Estou chegando só agora, mas estou totalmente envolvido com essa situação. Com certeza, a gente tem que buscar alternativas para se recuperar rápido. Temos que ter reação imediata”, declarou o treinador. 

A última vitória do Santa no Brasileiro foi contra o América/MG pelo placar de 3 a 0, na Arena Independência, no dia 17 de julho, pela 15ª rodada da Série A. De lá pra cá, quatro derrotas e dois empates. Além de estar há mais de um mês sem vencer, a equipe coral acumula um péssimo retrospecto dentro de casa na competição. Terceiro pior mandante, os tricolores chegaram à sétima derrota em casa no Brasileiro (aproveitamento de apenas 36%) em 11 jogos. 

Logo quando foi apresentado oficialmente pelo Santa Cruz, no dia 16 de agosto, o técnico Doriva rejeitou o rótulo de salvador da pátria, mas prometeu esforço redobrado para evitar a queda à Série B. O seu único objetivo no clube é: deixar o time fora da zona de rebaixamento ao fim da 38ª rodada do Brasileiro da Série A. 

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Doriva enxerga situação grave no Santa e cobra reação imediata para lutar contra o rebaixamento

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.