Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

Melhorar na finalização é desafio do Santa Cruz contra o Cruzeiro, no Mineirão

Publicado: quinta-feira,25 de agosto de 2016, às 15:52
Por: Messias Amorim

A falta de pontaria do Santa Cruz voltou a ser uma queixa de Doriva após o empate sem gols no Clássico das Multidões pelo jogo de ida da Copa Sul-Americana. Para o técnico, o mau aproveitamento do time coral nas finalizações foi o único pecado no duelo contra o Sport Recife, na Arena de Pernambuco. A quatro dias da próxima partida, diante do Cruzeiro/MG, no Mineirão, pela 23ª rodada da Série A, o treinador vai buscar calibrar o pé dos seus jogadores durante os treinamentos.

"Erramos muito (no arremate). Sobraram bolas, foram muitas finalizações, mas poucas foram no gol. Mas é um parâmetro que nos dá certo entusiasmo para seguir trabalhando e vamos reforçar um pouco mais nas finalizações”, disse. Há seis jogos sem vencer no Brasileiro, Doriva ressaltou a necessidade da vitória no jogo com o Cruzeiro/MG, que atualmente está na briga contra a zona de rebaixamento. Mesmo ciente da pressão da torcida adversária, o treinador crê que o Santa pode surpreender em Belo Horizonte.

"Precisamos da vitória, mas vai ser um jogo difícil. O Cruzeiro é um concorrente contra a zona desagradável. Temos que fazer um jogo inteligente. Mesmo com a pressão e a casa cheia, temos que estar prontos. Nossa missão é somar pontos para sair lá de trás o mais rápido possível. Temos que ser inteligentes para vencer", declarou o técnico coral.

Em dois jogos sob o comando de Doriva, o Santa Cruz ainda não conseguiu marcar um gol sequer. É justamente por isso que o treinador está cobrando uma melhora nesse aspecto para tentar vencer a primeira partida à frente do time. 

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Melhorar na finalização é desafio do Santa Cruz contra o Cruzeiro, no Mineirão

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.