Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

17,1666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Meio-campista do Santa Cruz nega frustração e minimiza jejum de gols

Publicado: quarta-feira,31 de agosto de 2016, às 09:48
Por: Messias Amorim

Um dos principais jogadores do Santa Cruz. É assim que João Paulo é visto pela torcida coral e também pelos companheiros do grupo. O camisa 10 é um dos “capitães” da equipe e tem uma identificação muito grande o clube. O meio-campista – que sempre desejou atuar em uma Série A pelo Santa – falou que não está decepcionado, mesmo com o time em um situação delicada na competição – o Tricolor do Arruda é o 19º colocado (vice-lanterna), com apenas 19 pontos.

“Não estou decepcionado, mas é claro que eu projetava algo melhor para esse ano. Mesmo conquistando dois títulos no início da temporada, queríamos dar voos mais altos no Campeonato Brasileiro e estar mais em cima na tabela. Sabíamos da dificuldade do Brasileirão, e falamos desde o início que nossa briga seria para permanecer na Série A. Não há nenhuma frustração. Estamos correndo atrás das vitórias”, ressaltou.

O jogador também falou sobre a falta de gols – o time ainda não balançou as redes desde a chegada do técnico Doriva (três jogos). Para ele, essa situação é passageira e os jogadores confiam um no outro. Ele também destacou que o time tem um dos artilheiros da Série A – Grafite, com 08 gols.

“O jejum de gols é momentâneo. Confiamos um no outro aqui no Santa Cruz. Temos um dos artilheiros da competição no nosso ataque, e a confiança é plena em todo mundo. Isso vai mudar. Nesse último jogo a bola bateu na trave e saiu, e quando foi o Cruzeiro bateu na trave e entrou. Isso é momentâneo e as coisas vão voltar a fluir para nós”, finalizou João Paulo.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Meio-campista do Santa Cruz nega frustração e minimiza jejum de gols

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.