Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

82,4

Classifique:

Futebol Profissional

Grafite tenta acabar jejum de gols contra a defesa mais vazada da Série A

Publicado: segunda-feira,5 de setembro de 2016, às 17:07
Por: Daniel Lima

A Chapecoense não anda mal das pernas, mas por um detalhe poderia estar numa posição ainda mais cômoda no Campeonato Brasileiro da Série A. Na 10ª colocação, com 30 pontos, os catarinenses têm uma marca negativa na competição: a defesa mais vazada. Em 22 jogos, foram 37 gols sofridos, três deles na última partida, na derrota para o Flamengo/RJ por 3 a 1, na Arena Condá. Com desfalques no ataque, o Santa Cruz vai se deparar com a pior defesa do Brasileirão.

Além de Keno, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Wallyson e Marion, outras opções para o ataque, estão machucados. Para fazer dupla com Grafite, que não balança as redes há 11 jogos e vive o maior jejum da sua extensa carreira, o escolhido foi o atacante Arthur. Apesar de enfrentar uma defesa que tem uma média de 1,68 gol sofrido por rodada, o Santa tem pecado nas finalizações ultimamente. Não é à toa que estava há três partidas sem marcar, mas encerrou a seca na vitória sobre o Sport Recife pelo placar de 1 a 0, pela Copa Sul-Americana.

Por outro lado, Doriva ainda não viu o seu time fazer gol no Campeonato Brasileiro da Série A. Em dois jogos, uma derrota para o Fluminense/RJ na estreia por 1 a 0, no Arruda, e outro revés para o Cruzeiro/MG pelo placar de 2 a 0, no Mineirão. Diante da Chapecoense/SC, na próxima quarta-feira (7), na Arena de Pernambuco, o Santa Cruz vai buscar a vitória para tentar começar a reagir na competição na luta contra o rebaixamento.

JEJUM
Já são mais de dois meses sem marcar. O último gol de Grafite foi no dia 25 de junho, na derrota para o Corinthians/SP por 2 a 1, no Itaquerão. De lá pra cá, ficou estagnado nos oito gols e perdeu o posto de vice-artilheiro da Série A. Apesar da má fase, ele ainda é o goleador da equipe na temporada, com 16 gols em 41 jogos.

Compartilhe:

Grafite tenta acabar jejum de gols contra a defesa mais vazada da Série A

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.