Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

29,4285714285714

Classifique:

Futebol Profissional

Santa Cruz vacila no fim e empata com a Chapecoense na Arena de Pernambuco

Publicado: quarta-feira,7 de setembro de 2016, às 18:06
Por: Daniel Lima

Um empate com sabor amargo. Na Arena de Pernambuco, na tarde desta quarta-feira (7), o Santa Cruz saiu atrás do placar, virou o jogo sobre a Chapecoense/SC, mas nos minutos finais sofreu o gol de empate. O resultado de 2 a 2, pela 23ª rodada da Série A, aumentou para oito jogos na Série A o jejum dos corais, que seguem afundados na vice-lanterna do Campeonato Brasileiro da Série A. Na próxima rodada, os tricolores vão enfrentar o Sport Recife, na Ilha do Retiro, às 16h, no domingo (11).

O Santa aproveitou a empolgação da torcida, que compareceu ao estádio em bom número, para pressionar  e dominar a Chape. A afobação dos jogadores corais acabou atrapalhando na hora do último passe. Se não bastasse a dificuldade para finalizar, os tricolores ficaram em desvantagem no placar. Após Allan Vieira cobrar um lateral errado no campo de ataque, o adversário aproveitou o vacilo e saiu na frente ao armar um contra-ataque mortal, terminando o primeiro tempo vencendo por 1 a 0.

Precisando vencer de qualquer jeito, o Santa Cruz mostrou valentia no segundo tempo e partiu pra cima da Chapecoense/SC, que não conseguiu segurar o ímpeto ofensivo dos corais. Antes dos 15 minutos, os tricolores deixaram tudo igual no marcador e não demoraram muito para virar o jogo após brilhar a estrela de Bruno Moraes.  As coisas dificultaram quando o zagueiro Luan Peres foi expulso. Com um homem a mais, o adversário estava mais "inteiro" dentro de campo e chegou ao gol de empate em cobrança de pênalti, terminando o confronto em 2 a 2.

O TIME - Sem Keno e Derley, suspensos, o técnico Doriva não fez invenções na escalação e apostou na entrada de Arthur e Jadson, respectivamente. Sendo assim, o time titular foi formado por Tiago Cardoso; Léo Moura, Luan Peres, Danny Morais e Allan Vieira; Uillian Correia, Jadson, João Paulo e Matías Pisano; Arthur e Grafite.

GOLS - Aos 27 minutos do primeiro tempo, Gil puxou um contra-ataque, tocou para Kempes, que tirou Tiago Cardoso do lance e finalizou a bola para o fundo das redes. Aos 11 minutos do segundo tempo, Léo Moura cruzou a bola na cabeça de Arthur, que subiu mais alto que a zaga da Chape e empatou a partida. Sete minutos depois, veio a virada coral com Bruno Moraes. O atacante aproveitou o ótimo cruzamento de João Paulo, dominou com categoria e balançou as redes do goleiro Danilo, passando à frente no placar.

Aos 39 minutos da etapa complementar, Danilo Pires atropelou Kempes dentro da área e o árbitro não pensou duas vezes para marcar a penalidade. Bruno Rangel, artilheiro da Chapecoense/SC, cobrou com categoria no canto esquerdo e não deu chances para o goleiro Tiago Cardoso.

MODIFICAÇÕES - Depois do gol de empate do Santa Cruz, o técnico Doriva colocou o centroavante Bruno Moraes na vaga do atacante Grafite, que chegou a 12 jogos sem marcar. Depois, foi a vez do volante Danilo Pires entrar no lugar do argentino Matías Pisano. Por último, Wellington Silva foi acionado no posto de Arthur, autor do primeiro gol coral.

CLASSIFICAÇÃO - Com o empate, o Santa Cruz segue na vice-lanterna da Série A (19ª colocação), somando agora 20 pontos. Já são oito jogos sem vitória na competição nacional.

Compartilhe:

Santa Cruz vacila no fim e empata com a Chapecoense na Arena de Pernambuco

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.