Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

34,3333333333333

Classifique:

Futebol Profissional

Doriva classifica situação do Santa como dificílima, mas avisa que não vai jogar a toalha

Publicado: terça-feira,13 de setembro de 2016, às 08:37
Por: Daniel Lima

A derrota de virada para o Sport Recife pelo placar de 5 a 3, na Ilha do Retiro, aumentou o jejum do Santa Cruz na Série A para nove jogos. Com o clube afundado na zona de rebaixamento – 19ª colocação (vice-lanterna), somando apenas 20 pontos –, o técnico Doriva foi realista sobre o momento do time e classificou a situação como complicada para evitar o rebaixamento à Segunda Divisão do futebol brasileiro. No entanto, avisou que não vai desistir e garantiu acreditar numa reação. 

“O futuro é dificílimo. Chegamos numa situação limite. Mas temos de acreditar até o final e é a mensagem que vou passar para eles (jogadores). Não vamos jogar a toalha de jeito nenhum. Já foi dito isso. Quem não quiser (acreditar) é só procurar a diretoria para ir embora”, disse o treinador coral. 

O Santa está a sete pontos do Internacional/RS, que é o primeiro time fora da zona de rebaixamento, com 27 pontos. Apesar de reconhecer o cenário delicado, o técnico Doriva afirmou que a saída é voltar a vencer e cobrou do seu time mais atenção durante as partidas. 

“Precisamos jogar bem e vencer os jogos. Essa é a única alternativa. A gente vem fazendo boas partidas, mas está pecando nos detalhes e na Série A não é permitido falhar. Temos que minimizar esses erros. Então a gente precisa de um pouco mais de atenção e é continuar acreditando. Nós queremos jogadores que acreditem e vão até o final”, alertou. 

O Santa Cruz volta a campo na próxima quarta-feira (14), contra o Atlético/PR, no estádio do Arruda, às 21h, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. 

Compartilhe:

Doriva classifica situação do Santa como dificílima, mas avisa que não vai jogar a toalha

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.