Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

11,4444444444444

Classifique:

Futebol Profissional

Santa Cruz é derrotado pelo Independiente Medellín e fica em desvantagem na Sul-Americana

Publicado: quarta-feira,21 de setembro de 2016, às 23:50
Por: Daniel Lima

Na primeira partida internacional oficial em 102 anos de história, o Santa Cruz até tentou encarnar o "espírito valente" da Copa Sul-Americana, mas foi derrotado por 2 a 0 para o Independiente Medellín-COL, no estádio Atanasio Girardot, nesta quarta-feira (21). Para passar de fase, os tricolores vão precisar vencer o jogo da volta no Arruda, no dia 28, por três gols de diferença. Se o placar da primeira partida se repetir, a decisão vai para os pênaltis. Antes de voltar o foco para as oitavas de final da competição internacional, o compromisso dos corais será pela 26ª rodada Série A, no próximo domingo (25), contra o Figueirense/SC, em Florianópolis. 

A formação coral disse por si só qual seria a postura do time dentro de campo. Para suportar a pressão do DIM, que praticamente não existiu, o técnico Doriva escalou três volantes no meio de campo, improvisou Danilo Pires na lateral direita e deixou Grafite isolado na referência. Sem poder ofensivo, o Santa se limitou a marcar e sequer conseguiu armar um contra-ataque. Empurrado pela animada torcida, que estava em bom número nas arquibancadas, os donos da casa tinham um falso domínio e só abriram o placar após um erro defensivo dos tricolores, indo para o intervalo com a vantagem de 1 a 0.

A missão do Santa Cruz no segundo tempo era fazer pelo menos um gol. E diante da necessidade, o time coral se soltou mais e foi bem mais presente no ataque. Mas a falta de criação dificultou a chegada com qualidade lá na  frente e as finalizações foram raras, tanto do lado coral quanto por parte dos colombianos, que passaram a marcar mais. Quando o jogo se encaminhava para o fim, o Independiente Medellín ampliou a vantagem em outra bobeira da defesa tricolor e decretou a vitória por 2 a 0.

O TIME - Foram cinco mudanças na equipe titular. Entraram Danilo Pires, Uillian Correia, Wellington Cézar, Arthur e Grafite nas vagas de Léo Moura, João Paulo, Jadson, Keno e Bruno Moraes, respectivamente. Sendo assim, a escalação foi a seguinte: Tiago Cardoso; Danilo Pires, Neris, Danny Morais e Allan Vieira; Wellington Cézar, Derley e Uillian Correia; Matías Pisano, Arthur e Grafite.

GOLS - Aos 38 minutos do primeiro tempo, Hechalar aproveitou o passe de primeira de Caicedo e, livre de marcação, mandou a bola para o fundo das redes de Tiago Cardoso, abrindo o placar. Aos 42 minutos do segundo tempo, Cortez, que tinha acabado de entrar no jogo, recebeu um ótimo cruzamento e só teve o trabalho de cabecar a bola para o gol, sacramentando a vitória.

MODIFICAÇÕES - Durante a etapa complementar, Jadson ficou com a vaga de Wellington Cézar, trocando apenas um volante por outro. Minutos depois, Arthur deixou o campo com câimbras e entrou o meia-atacante Mazinho, que fez a sua estreia com a camisa coral. A última aposta de Doriva foi a entrada de Marion no lugar do argentino Matías Pisano.

OUÇA ENTREVISTA DO TÉCNICO DORIVA 

Compartilhe:

Santa Cruz é derrotado pelo Independiente Medellín e fica em desvantagem na Sul-Americana

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.