Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

12,875

Classifique:

Futebol Profissional

Lateral esquerda do Santa Cruz vira problema e improvisação rende elogios

Publicado: quarta-feira,28 de setembro de 2016, às 11:45
Por: Daniel Lima

Depois de colocar o volante Danilo Pires na lateral direita no jogo da Copa Sul-Americana, contra o Indepediente Medellín-COL, o técnico Doriva voltou a improvisar na partida diante do Figueirense/SC, no último domingo, no Orlando Scarpelli. Na ocasião, o zagueiro Luan Peres atuou na lateral esquerda na vaga de Allan Vieira – o jogador de ofício ficou no banco de reservas por conta de um desgaste físico, segundo o treinador declarou na coletiva pós-jogo.

"Allan estava apresentando muito desgaste e o rendimento não estava satisfatório. Acabei optando por Luan, que é alto e tem um bom porte", disse. Apesar do primeiro gol do Figueirense/SC ter saído pelo lado esquerdo, nas costas de Luan Peres, o técnico Doriva ficou satisfeito com a atuação do garoto de 21 anos e inclusive o elogiou. "Luan é uma opção que a gente tem ali. Não é específico, mas já jogou nessa posição outras vezes. Entrou contra o Santos nessa função. Acho que ele fez um bom jogo", declarou.

Desde a lesão do ex-titular Tiago Costa, que passou por uma cirurgia no tendão de Aquiles há mais de um mês e consequentemente foi cortado do restante da temporada, a lateral esquerda do Santa virou um problema. As atuações de Allan Vieira, substituto imediato, não agradaram e seu baixo rendimento nos oito jogos como titular foi fundamental para que o treinador coral apostasse na improvisação.

Além de Allan Vieira, a lateral esquerda do Santa Cruz ainda conta com Roberto (foto), uma das indicações de Milton Mendes, ex-técnico coral. O jogador sequer teve uma chance com Doriva. Este ano, ele só jogou cinco partidas, três delas como titular, e esteve longe de agradar. Ainda por cima, foi expulso na sua estreia pelo clube, exatamente no primeiro clássico desta Série A com o Sport Recife, no Arruda, que acabou em derrota por 1 a 0.

A outra alternativa para o lado esquerdo seria utilizar o meia Renatinho. Em anos anteriores, o prata da casa jogou nessa função e conseguiu encontrar uma regularidade, mas na Série A só entrou duas vezes para atuar no meio de campo e atualmente está com caxumba (no Departamento Médico).

IMPROVISAÇÃO NA DIREITA 

Na derrota para o Independiente Medellín-COL por 2 a 0, no jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, o volante Danilo Pires foi deslocado para a lateral direita. Isso porque o experiente Léo Moura estava desgastado fisicamente e ficou no Recife. Já Vítor e Mário Sérgio, na ocasião, seguiam entregues ao Departamento Médico.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Lateral esquerda do Santa Cruz vira problema e improvisação rende elogios

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.