Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

25,75

Classifique:

Futebol Profissional

Substituto de Tiago Cardoso, Edson Kolln falha e disputa por titularidade no gol fica em aberto

Publicado: sexta-feira,30 de setembro de 2016, às 07:46
Por: Daniel Lima

A cena do goleiro Tiago Cardoso no banco de reservas pela primeira vez em seis anos de clube chamou a atenção. No jogo de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana, contra o Independiente Medellín-COL, Edson Kolln assumiu a titularidade em sua terceira chance com a camisa coral. O substituto do maior ídolo do atual elenco fez boas defesas e estava seguro até cometer uma falha determinante para a eliminação do Santa Cruz no torneio internacional.

O time coral vencia os colombianos pelo placar de 3 a 0 e estava passando para as quartas de final da Sula, quando Edson Kolln saiu mal do gol em cobrança de escanteio do adversário e Ibargüen, livre de marcação, só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo das redes e garantiu a classificação do DIM. Se Tiago Cardoso vinha cometendo erros, o seu substituto também não se livrou do peso após falhar no gol colombiano, que custou a desclassificação do Santa.

Na coletiva pós-jogo, o técnico Doriva sequer comentou o vacilo de Kolln e analisou positivamente a atuação do goleiro. Em relação à titularidade no gol no próximo jogo, o treinador deixou o mistério no ar e disse que ainda vai avaliar algumas situações. "Edson era um goleiro que estava esperando uma oportunidade. E teve bons momentos no jogo. Tiago Cardoso estava sem confiança nas partidas. Vamos avaliar melhor o jogo antes de fazer novas escolhas", afirmou.

ENQUETE NO TWITTER:

Quem deve ser o goleiro titular contra o Palmeiras?

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Substituto de Tiago Cardoso, Edson Kolln falha e disputa por titularidade no gol fica em aberto

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.