Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Vice-presidente do Santa Cruz traça perfil do novo técnico e revela que atletas da base serão inseridos no elenco profissional

Publicado: sábado,5 de novembro de 2016, às 17:26
Por: Messias Amorim

Após a saída do técnico Doriva, o Santa Cruz deixou o elenco sob o comando interino do auxiliar técnico Adriano Teixeira, que irá treinar o Tricolor Pernambucano até o fim do Campeonato Brasileiro. No entanto, a expectativa da diretoria é anunciar o nome do novo treinador ainda este ano. O vice-presidente do clube, Constantino Júnior, disse que o nome do próximo comandante ainda não foi definido. Contudo, revelou o perfil que profissional deverá ter para comandar o Santa.

“Não existe um nome. Existe um perfil de treinador, que é aceitar o desafio de trabalhar com uma equipe guerreira, com muito comprometimento, fazer um trabalho com a base e também realizar captação de jogadores na região. Que tenha voz de comando e aceite as diretrizes do clube. Um dos principais pré-requisitos é entender a grandeza do Santa Cruz”, explicou o dirigente coral.

Ainda sobre o planejamento para o ano que vem, Constantino revelou que o elenco tricolor deverá contar com atletas da base. Segundo ele, quatro ou cinco jogadores deverão ser integrados ao grupo profissional. O lateral esquerdo Eduardo e o volante Gabriel Leite já foram inseridos no elenco por Adriano Teixeira e aguardam oportunidade. O dirigente espera que os garotos sejam aproveitados.

“O nosso sub-17 é muito bom. O Sub-20 também é, mas o sub-17 é ainda melhor. Temos uma nova geração e uma boa safra. Depois de 13 anos disputamos uma final do Pernambucano sub-20 e temos alguns atletas que subiram para o profissional com o Adriano (Teixeira). A gente espera que sejam aproveitados, no momento propício. Certamente teremos, no mínimo, quatro ou cinco atletas da base que irão para o profissional em 2017”, disse.

PLANEJAMENTO
“Temos que ter muita consciência para saber aproveitar as competições, por conta das dificuldades que temos. O Santa Cruz não pode se dar ao luxo de errar. Erramos esse ano. Outros clubes também erram, mas isso não fica muito latente, pois eles possuem condições de trazer outro jogador. No nosso caso, temos que ficar abraçados com o mesmo atleta, pois não temos recursos para trazer outro. Neste ano ficamos reféns de pedidos de treinador e isso ficou de lição para nós. Às vezes o técnico trabalhou com um atleta, fala algo dele, mas quando chega ao clube é diferente”, afirmou.

GRAFITE E JOÃO PAULO
“Eles (Grafite e João Paulo) possuem contrato em vigor. É muito prematuro falar. Em alguns casos existem cláusulas que falam sobre diminuição salarial em caso de queda (para a Série B), mas isso é uma situação individual. Temos que analisar o mercado e esperar que o nosso Departamento Financeiro passe o orçamento do próximo ano, para que a gente possa montar essa equação. Cada contrato tem sua peculiaridade. Se houve um interesse do jogador, iremos conversar”, encerrou o vice-presidente do Santa Cruz.

OUÇA A ENTREVISTA

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Vice-presidente do Santa Cruz traça perfil do novo técnico e revela que atletas da base serão inseridos no elenco profissional

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.