Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

25,75

Classifique:

Futebol Profissional

Santa Cruz analisa com cautela como manter jogadores mais caros do elenco no próximo ano

Publicado: terça-feira,8 de novembro de 2016, às 11:44
Por: Daniel Lima

Com o rebaixamento já reconhecido no Arruda, a diretoria do Santa Cruz começou a pensar no que precisa ser feito para a próxima temporada. Um dos desafios é conseguir segurar os jogadores que recebem salários maiores. Como a receita possivelmente vai ser menor em 2017, o vice-presidente Constantino Júnior ainda não sabe como manter no elenco os atletas mais caros e o que resta é esperar o clube se organizar financeiramente antes de tomar a decisão.

O Santa, atualmente, enfrenta uma crise financeira - jogadores estão com dois meses de salários atrasados e os funcionários não recebem há cinco, inclusive chegaram a entrar em greve. Diante de tantas dificuldades orçamentárias, o futuro de João Paulo e Grafite, principais nomes do elenco, é incerto mesmo os jogadores tendo contrato até o fim de dezembro do próximo ano.

“Os dois têm contrato em vigor. É muito prematuro falar, até porque é uma questão muito individual. Também tem a questão da sensibilidade de cada atleta. Temos que analisar o mercado e esperar o departamento financeiro passar o orçamento para o próximo ano. Montar essa equação financeira é importante. Vamos conversar com eles. O relacionamento acaba sendo fundamental”, ponderou Constantino Júnior.

O vice-presidente do Santa Cruz já havia dito que o clube obrigatoriamente vai passar por uma readequação financeira e redução da folha salarial do elenco. “Estamos esperando o departamento financeiro para ter um melhor entendimento sobre o orçamento para 2017. Todos os jogadores vão ter que se adequar à realidade do clube. Só assim podemos cumprir nossas obrigações”, finalizou. 

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Santa Cruz analisa com cautela como manter jogadores mais caros do elenco no próximo ano

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.