Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

82,4

Classifique:

Futebol Profissional

Na cola de Fred, Grafite sonha em ser artilheiro do Brasileiro pela primeira vez na carreira

Publicado: segunda-feira,28 de novembro de 2016, às 21:22
Por: Daniel Lima

Nos dois últimos jogos, Grafite não deu chances aos goleiros adversários. Após balançar as redes no empate em 3 a 3 com o Atlético-MG, o atacante marcou duas vezes de cabeça na goleada do Santa Cruz sobre os reservas do Grêmio-RS por 5 a 1, no estádio do Arruda. Os tentos anotados  fizeram o atacante chegar aos 13 gols e a  vice-artilharia da Série A - empatou com o meia Diego Souza, do Sport Recife, e Willian Pottker, da Ponte Preta/SP - voltando à briga para ser o artilheiro da competição. Hoje, o atacante Fred, do Atlético-MG, está na liderança na disputacom 14 gols.

Para o camisa 23, estar brigando pelo posto de goleador é um ânimo diante das circunstâncias que o clube vive (salários atrasados e rebaixado à Série B com três rodadas de antecedência). Além disso, ele nunca foi artilheiro do Brasileiro em sua extensa carreira e sonha com o feito inédito.

"É um alento, uma motivação a mais. Ainda tem um jogo, e o artilheiro tem 14 gols. Vou tentar pelo menos marcar mais gols, ajudar a equipe a terminar da melhor maneira e ser artilheiro. Nunca fui artilheiro do Brasileiro, talvez possa ser um alento para mim e para o clube, que terminemos de uma maneira melhor do que esperávamos", declarou.

Se não fosse, talvez, o maior jejum de gols da sua carreira vivido no Santa Cruz nesta temporada, quando passou mais de três meses sem marcar (14 jogos), as chances de Grafite terminar a Série A na artilharia teriam crescido. "Críticas são normais, ainda mais pelo peso em cima da minha contratação, pela minha carreira no futebol europeu. Sempre esperam mais de mim, e sei que em alguns momentos não estava no meu melhor, mas sempre quis ajudar o clube que gosto", disse.

Aos 37 anos, Grafite é o goleador do Santa no ano. Ao todo, marcou 21 gols em 56 jogos disputados com a camisa coral na temporada. Ainda sonhando com a artilharia da Série A, o atacante tem o última rodada, contra o São Paulo/SP, no próximo domingo (4), no Pacaembu, para marcar gols e torcer para Diego Souza, William Pottker e Fred passarem em branco nas suas respectivas partidas.

OUÇA OS GOLS DA VITÓRIA CORAL

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Na cola de Fred, Grafite sonha em ser artilheiro do Brasileiro pela primeira vez na carreira

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.