Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

25,75

Classifique:

Futebol Profissional

João Paulo e Keno são liberados pelo Santa Cruz e não jogam última rodada da Série A, contra o São Paulo

Publicado: sábado,3 de dezembro de 2016, às 10:55
Por: Daniel Lima

Férias antecipadas e merecidas para João Paulo e Keno. Com acertos encaminhados com o Botafogo-RJ e Palmeiras-SP para a temporada 2017, respectivamente, os jogadores foram liberados mais cedo pela diretoria do Santa Cruz e não jogam mais pelo clube na última rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, contra o São Paulo-SP, no Pacaembu, no dia 11 de dezembro. 

Cheio de dívidas para sanar, o Santa Cruz espera a verba das vendas de João Paulo e Keno após o fim do Campeonato Brasileiro da Série A. Apesar de perder grandes destaques para o próximo ano, o clube conta com o dinheiro das negociações para pagar os salários atrasados dos jogadores e dos funcionários até o final de 2016. A expectativa da diretoria coral é começar a temporada do ano que vem mais aliviado financeiramente. 

De pré-contrato assinado com o Palmeiras/SP, Keno poderia encher muito mais os cofres do Santa, que por falta de verba (R$ 1,4 milhão) não adquiriu os 60% dos direitos econômicos do jogador, que pertence ao São José-RS. Se tivesse efetuado a compra, o clube receberia cerca de R$ 2,3 milhões. De acordo com informações apuradas pela reportagem do portal CoralNET, o dinheiro que vai entrar com a venda do atacante é de apenas R$ 690 mil – referente a 30% do direito de vitrine. Por outro lado, as cifras da negociação envolvendo o meia João Paulo serão maiores. 

Este ano, o Santa Cruz pagou R$ 1 milhão para comprar João Paulo e garantir 70% dos direitos econômicos. Como o jogador tem contrato com o clube até o fim de 2017, o Botafogo/RJ precisa pagar uma multa para contratá-lo e o valor é de R$ 11 milhões. O martelo ainda não foi batido porque o Botafogo-RJ negocia a diminuição da rescisão contratual do atleta. Os alvinegros querem apenas parte dos direitos do meia e, sendo assim, os tricolores ficariam com um percentual em caso de venda futura.  

Hoje, em meio à crise financeira, o clube deve três meses de salários ao elenco, enquanto os funcionários não recebem há seis meses. Para quitar as dívidas atuais, a direção coral planeja utilizar o dinheiro das vendas de João Paulo e Keno. 

Foto: CoralNET

Compartilhe:

João Paulo e Keno são liberados pelo Santa Cruz e não jogam última rodada da Série A, contra o São Paulo

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.