Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

14,7142857142857

Classifique:

Futebol Profissional

À espera do orçamento para 2017, Santa Cruz passa por momento de indefinição sobre técnico

Publicado: terça-feira,6 de dezembro de 2016, às 11:32
Por: Daniel Lima

A demora da definição da diretoria em relação ao técnico para o próximo ano deixa a torcida do Santa Cruz apreensiva. Mas após o término da Série A, no domingo (11), umas das primeiras decisões será quanto ao futuro de Adriano Teixeira, auxiliar que está comando o time há cinco jogos. Até hoje, a direção nunca sinalizou uma possível efetivação do treinador no cargo em 2017 e a princípio a ideia é contratar um comandante para a temporada do ano que vem.

Os salários atrasados - três meses para o elenco e seis para o funcionários - também atrapalham o planejamento do clube para o próximo ano. Sendo assim, a prioridade agora é pagar os débitos antes de tentar acertar com algum técnico. Segundo o vice-presidente Constantino Júnior, o orçamento financeiro para 2017 ainda não foi passado pelo administrativo e isso acaba gerando dúvidas dos valores que se podem gastar.

"Tudo depende da situação financeira. Precisamos saber quanto será o orçamento para a gente trabalhar e isso não depende apenas do departamento de futebol. Estamos analisando a situação com muita cautela para decidirmos situações futuras", declarou em entrevista concedida à Rádio CBN. O dirigente coral adiantou que existiram conversas preliminares com técnicos, que não tiveram seus nomes revelados, mas para o acerto tudo depende da parte financeira para a próxima temporada.

"Já tem algumas conversas. O clube tem procurado falar com treinadores e estamos buscando. Temos um perfil traçado. É lógico que tudo passa pela situação financeira. Ao término da Série A, vamos dar uma ênfase maior nessa busca. Preferimos aguardar o orçamento para saber até onde podemos trabalhar, até porque o técnico vai precisar disso. Vamos atrás desse nome no mercado com muita tranquilidade", afirmou.

Só este ano, três técnicos dirigiram o Santa Cruz. Primeiro, Marcelo Martelotte, depois Milton Mendes e por último Doriva. Nas saídas dos treinadores, o auxiliar Adriano Teixeira assumiu a equipe interinamente, mas sua grande chance vem sendo comandar o time na elite do futebol brasileiro, mesmo o rebaixamento do clube decretado com três rodadas de antecedência.

Compartilhe:

À espera do orçamento para 2017, Santa Cruz passa por momento de indefinição sobre técnico

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.