Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

Renatinho fecha ciclo no Santa Cruz e vai em busca de novos ares, mas espera voltar um dia

Publicado: quinta-feira,8 de dezembro de 2016, às 19:32
Por: Daniel Lima

O fim do ciclo do xodó da torcida coral. O meia Renatinho confirmou que está de saída do Santa Cruz, mas não deu detalhes do seu futuro. Ele afirmou que tem propostas de outros clubes, não revelou nomes, e especula-se que o destino do jogador pode ser o Linense-SP, que vai disputar a elite do Campeonato Paulista em 2017. A despedida do prata da casa coral deve ser contra o São Paulo-SP, no domingo (11), no estádio Pacaembu. 

No Arruda desde 2009, quando chegou para treinar nas divisões de base e morar na concentração do Santa, Renatinho espera um dia retornar para o clube em que construiu uma história de conquistas. Em sua longa e vitoriosa trajetória, foram sete títulos (cinco estaduais, Copa do Nordeste e Brasileiro da Série A) e três acessos (da Série D à Série A). 

“Vou buscar novos ares e objetivos. Eu prefiro sair numa boa, como estou saindo, para voltar a jogar e seguir a minha vida em frente. Sou muito agradecido por tudo o que vivi aqui. Infelizmente, essa história está chegando ao fim. Quem sabe, um dia eu não volte. Conquistei muita coisa aqui e sou grato ao Santa Cruz por tudo. Deixei o clube na Série A, mas infelizmente não conseguimos nos manter”, declarou o meia. 

Segundo Renatinho, a decisão de sair do Santa Cruz partiu dele próprio. Inclusive, revelou que já poderia ter deixado o Arruda este ano, mas a diretoria não quis negociá-lo. “É algo que vinha pensando há algum tempo. Foi uma decisão minha. Vou viver outras experiências, já que o Santa Cruz foi meu único clube até agora. No meio do ano, já tinham aparecido propostas, mas a diretoria não deixou eu ir embora. Fico feliz pelas equipes que me têm em vista, mas vou analisar tudo com calma para escolher o melhor pra mim”, disse. 

LEMBRANÇAS
“Com certeza, minha melhor lembrança é a de 2011, quando conquistamos o estadual com vários jogadores da base. Aquilo ali vai ficar marcado. O pior ano foi o de 2016. Sofri com lesões e acabei não podendo jogar. Pior ainda pela situação do clube, com esse rebaixamento”, recordou.  

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Renatinho fecha ciclo no Santa Cruz e vai em busca de novos ares, mas espera voltar um dia

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.