Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

9,36363636363637

Classifique:

Futebol Profissional

Após goleada sofrida, Adriano Teixeira revela que foi duro não ter elenco para treinar

Publicado: domingo,11 de dezembro de 2016, às 19:36
Por: Daniel Lima

A goleada sofrida para o São Paulo-SP pelo placar 5 a 0, neste domingo (11), no estádio Pacaembu, foi o reflexo da campanha  do Santa Cruz no Campeonato Brasileiro da Série A. Após a despedida humilhante da competição e da temporada 2016, o técnico Adriano Teixeira lamentou os acontecimentos na última semana de trabalhos, quando só tinha 15 jogadores à disposição para comandar um treinamento, atrapalhando o desenvolvimento do seu trabalho. 

Abatido com a dura realidade que tem enfrentado todos os dias no Arruda, o treinador coral parabenizou os atletas que suportaram as adversidades até a última partida de 2016. “Peguei o time nos últimos seis jogos da Série A. Conseguimos até jogar bem, mas tudo foi o reflexo dessas duas semanas, tanto na tragédia (Chapecoense) como na perda de vários jogadores. A gente não tinha um elenco nem para trabalhar direito. Os jogadores que ficaram se entregaram. Ninguém tem que reclamar e nem criticar os atletas, até porque todos sabem da situação que estamos atravessando”, declarou Adriano Teixeira. 

A situação era tão complicada que o banco de reservas do Santa Cruz foi formado por sete jogadores das divisões de base dos oito suplentes. Com o elenco desmanchado, o técnico Adriano Teixeira teve que recorrer à garotada e escalou um time totalmente desfigurado. 

“São em momentos como esses que temos que jogar com a base, mas o trabalho tem que ser mudado desde lá debaixo. Só assim podemos aproveitar melhor os garotos. A gente sabe de todas as dificuldades, até porque qualquer garoto sente quando joga contra o São Paulo”, disse. 

FUTURO
“Agora é esfriar a cabeça e procurar consertar tudo isso para começar 2017 tentando fazer o melhor. Temos que esquecer esse último jogo e essas duas últimas semanas que foram de tragédia e complicações... É tocar o barco”, pontuou o comandante coral. 

Foto: Rubens Chiri/ saopaulofc.net 

Compartilhe:

Após goleada sofrida, Adriano Teixeira revela que foi duro não ter elenco para treinar

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.