Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

14,7142857142857

Classifique:

Futebol Profissional

Há sete meses sem receber, funcionários do Santa fazem nova greve e cansam de promessas

Publicado: quinta-feira,15 de dezembro de 2016, às 13:24
Por: Daniel Lima

O caos está instalado no Arruda. Na manhã desta quinta-feira (15), os funcionários do Santa Cruz paralisaram as atividades devido aos sete meses de atraso salarial. “Com os braços cruzados”, os trabalhadores estão cansados de promessas do presidente Alírio Moraes e por isso resolveram fazer greve pela segunda vez em menos de dois meses. Para voltarem a trabalhar, eles exigem o recebimento de, no mínimo, duas folhas atrasadas. 

De acordo com informações colhidas pelo portal CoralNET, o presidente Alírio Moraes prometeu pagar parte das dívidas até a próxima segunda-feira, dia 19 de dezembro, e saldar todo os débitos até o fim de janeiro do próximo ano. A diretoria também projeta colocar em vigor uma grande reforma no quadro de funcionários do clube para 2017.

Apesar do plano de pagamento estabelecido pelo mandatário coral, o clima dos funcionários é de revolta no Arruda. Todos estão desgastados em relação à falta de palavra e também preocupados por conta da crise financeira passada pelo clube. Alguns trabalhadores relataram que a situação chegou ao limite e ninguém aguenta mais escutar a direção estipulando datas para quitar as dívidas e não pegar em dinheiro.

Além disso, informações dão conta que muitos devem a agiotas, tem problemas com pensão alimentícia e até passam fome. 
Durante o Campeonato Brasileiro da Série A, Grafite e Danny Morais, considerados líderes do elenco, ajudaram os funcionários com doações de cestas básicas e, às vezes, com dinheiro para tentar amenizar o desespero. Há quase um mês, os trabalhadores ameaçaram entrar em greve, mas a diretoria contornou a situação distribuindo vales-compra num valor de R$ 500, 00. 

Foto: Divulgação/Santa Cruz

Compartilhe:

Há sete meses sem receber, funcionários do Santa fazem nova greve e cansam de promessas

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.