Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

73,5714285714286

Classifique:

O Clube

"Sem o torcedor, não vamos construir o CT", avisa ALN após primeiro passo da obra no terreno

Publicado: quarta-feira, 11 de janeiro de 2017, às 20:54
Por: Daniel Lima

No mês de dezembro do ano passado, o Santa Cruz deu o primeiro passo para a construção do seu centro de treinamento. O processo de limpeza e de terraplanagem no terreno foi o pontapé inicial da obra, que está sendo conduzida pela Comissão Patrimonial do clube, encabeçada por Antônio Luiz Neto, ex-presidente coral. Além dele, outros membros são responsáveis pelo projeto como Rodolfo Aguiar, João Caixero, Sílvio Ferreira e Carlos Simeão. 

"Realmente começamos a construção do CT. Nós, hoje, já temos um projeto que demos início à execução. O primeiro passo foi a terraplanagem e a demarcação planialtimétrica do que vai ser construído. Várias máquinas estão operando e nivelando por completo a área onde vamos reerguer o centro de treinamento. Estamos preparando o chão para fazer o primeiro gramado”, detalhou ALN. 

O projeto do CT Ninho das Cobras Rodolfo Aguiar, em homenagem ao ex-presidente que dirigiu o clube entre os anos de 1979 e 80, prevê o levantamento de três campos oficiais. A Comissão Patrimonial espera não parar mais o trabalho, porém existem problemas financeiros para dar continuidade. Como não tem dinheiro para a construção, Antônio Luiz Neto avisou que só pode concluir o projeto com a ajuda da torcida. Ele ainda lembrou que no ano passado João Caixero doou toda a renda arrecadada com as vendas do seu livro “Sou Santa Cruz de Corpo e Alma”, que custava R$ 1.000,00, para que a obra fosse iniciada. 

"Para fazer o primeiro campo, precisamos de recursos. Hoje, nós estamos operando com recursos da arrecadação da Comissão Patrimonial e também, fundamentalmente, com o dinheiro do livro ‘Santa Cruz de Corpo e Alma’, que foi recentemente lançado por João Caixero de Vasconcelos, membro da comissão. Ele doou toda a arrecadação desse livro. Mesmo assim, precisamos da colaboração da torcida para a construção do primeiro campo e a obra deve começar daqui a dois meses. É claro que isso vai ser feito com a participação da torcida. O Santa Cruz não tem recursos para fazer essa obra de forma própria e precisamos do torcedor", acentuou. 

A ideia do clube é fazer várias ações colaborativas com os torcedores para que fundos sejam arrecadados. Ainda este mês, o Santa Cruz deve lançar campanhas de ajuda para a construção do tão sonhado centro de treinamento. 

"Ainda estamos fazendo um estudo. Nele a gente contempla diversas formas de arrecadação. Entre elas, alguns eventos onde o torcedor possa se deslocar até a área do CT e se entusiasmar para fazer a sua doação. Também terão objetos que vão poder ser adquiridos pelo torcedor, que pode levar como lembrança o projeto do centro de treinamento. Vamos fazer feijoadas com a presença dos torcedores e também deveremos fazer o lançamento de sócio patrimonial do clube. Você adquire seu título e fica sócio eternamente com o título patrimonial", explicou Antônio Luiz Neto. 

No ano de 2012, na gestão do presidente Antônio Luiz Neto, o Santa Cruz adquiriu em março o terreno de 10 hectares com parte da verba da venda do atacante Gilberto ao Internacional-RS. A conclusão da obra foi uma das promessas não cumpridas pelo presidente Alírio Moraes no começo de sua gestão (há dois anos). Ele pretendia deixar o CT pronto até o fim de 2015, no entanto esbarrou em dificuldades financeiras que impediram o avanço do projeto.

OUÇA A ENTREVISTA

Compartilhe:

"Sem o torcedor, não vamos construir o CT", avisa ALN após primeiro passo da obra no terreno

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.