Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Léo Cotia evita pressa por chance no profissional, mas pensa alto no Santa Cruz

Publicado: quinta-feira,19 de janeiro de 2017, às 18:22
Por: Daniel Lima

Aos 20 anos, Léo Cotia faz projeções audaciosas no Santa Cruz. Treinando com o elenco profissional desde o fim do ano passado, após disputar o Campeonato Pernambucano Sub-20, o meia-atacante foi integrado definitivamente ao time principal para a temporada de 2017. Com a forte concorrência do setor ofensivo, ele está à espera, pacientemente, de uma chance para tentar cavar seu espaço. Pensa até em marcar seu nome na história do clube e ganhar uma identificação com a torcida. 

“Por mais que muitos jogadores hoje no Brasil pensam em ser vendidos, eu penso aqui em jogar, virar ídolo da torcida e ganhar títulos para entrar na história do clube. O grupo é bom, tem a concorrência, mas ela é amigável. Vou trabalhar, dando meu máximo, para quando eu tiver oportunidade agarrar com as duas mãos”, declarou. 

Natural de Cotia-SP, o jovem chegou ao Arruda há dois anos e quem o trouxe foi Adelmo Soares, técnico do Sub-20 coral à época. Após jogar quatro anos nas categorias inferiores do São Paulo-SP, Léo foi para o Taboão da Serra/SP e depois de atuar contra o Santa pela Copa São Paulo de 2015 veio parar no tricolor.  No ano passado, fez a sua estreia pelo profissional na última rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Ele entrou no segundo tempo na derrota para o São Paulo-SP pelo placar de 5 a 0,
no Pacaembu. 

Para ele, o fato de ter ganho uma chance de atuar na Primeira Divisão foi determinante para que o seu contrato fosse renovado até o fim deste ano. “Foi uma oportunidade única. Meu contrato acabaria no dia 31 de dezembro do ano passado e o jogo foi dia 10. Eu não esperava (jogar). Meu pai veio pra cá e eles (diretoria) me mandaram para o profissional. Adriano Teixeira (auxiliar técnico) gostou do meu trabalho, me deu oportunidade e eu senti como é o Campeonato Brasileiro”, afirmou. 

ESPERA 
“Tenho conversado com a minha família. Sei que estou subindo agora. Minha mãe falou até que sou uma casca de ovo agora perto dos que já estão aqui. Tenho que ter paciência, até porque a oportunidade não chega de imediato”, disse. 

EXPECTATIVA
“Vinícius Eutrópio é um treinador bom. Conversa bastante. Sempre deixa a gente ciente das coisas. Ele passa os pensamentos dele e o plano de jogo. Vão ter muitos jogos nesta temporada. O ano é longo. Atletas vão sentir desgaste e vai surgir oportunidade. Quero agarrá-la e não largar mais”, encerrou. 

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Léo Cotia evita pressa por chance no profissional, mas pensa alto no Santa Cruz

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.