Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

77,25

Classifique:

Futebol Profissional

Único remanescente do título coral, Vítor espera partida difícil e sonha em erguer taça como capitão

Publicado: terça-feira,24 de janeiro de 2017, às 14:16
Por: César Rosati

Quando a bola rolar e o Santa Cruz finalmente estrear na Copa do Nordeste, na próxima quarta-feira (25), ás 18h45, contra o Campinense, em Campina Grande, Vítor certamente irá relembrar os bons momentos vividos no Estádio Ernani Sátyro, onde o time tricolor conquistou sua primeira Copa do Nordeste, diante da mesma equipe. Do elenco coral, o lateral-direito é o único que ficou para contar a história aos novos companheiros.   
  
Com uma responsabilidade ainda maior por ser o único remanescente da conquista e novo capitão do Santa Cruz, o atleta concedeu entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (24), onde falou sobre o sonho de erguer a taça como capitão, a expectativa para o confronto e disse que a responsabilidade de orientar o time não é apenas de quem foi escolhido pelo treinador, e sim de todos os companheiros.  

"Capitão não é só aquele que tem a braçadeira, é aquele jogador que vai orientar os companheiros e aqui nós temos vários. Tem o Júlio César, o David, e o Elicarlos, então não é só quem foi escolhido pelo técnico. O Eduardo mesmo cobra de todo mundo. É assim que formamos um grupo vencedor, não é só um que pode falar. Todos podem falar e cobrar, então é nesse sentido que nós pretendemos encarar este ano", declarou.  
  
CAMPINENSE  
"Nós guardamos boas recordações do ano passado, pois tivemos uma grande conquista em cima deles, mas isso já se tornou página virada, é um novo ano, o nosso elenco está totalmente reformulado e agora é outra história. A equipe deles também está modificada, então temos que colocar em prática tudo aquilo que o Vinícius vem treinando conosco. Esses últimos vinte dias foram de muito treinamento, treinos intensos para chegar nessa primeira partida contra o Campinense e fazer um grande jogo, mesmo sabendo que será muito difícil", disse Vítor.  
  
TAÇA
"Seria legal erguer como capitão. Se fosse tão fácil acontecer de fato como é de se falar seria melhor ainda, pois é difícil. Para chegarmos lá, nós temos que passar por todas as etapas e a primeira etapa é essa primeira fase, onde temos concorrentes difíceis, mas nós vamos em busca disso. Entramos na competição sonhando com esse bicampeonato , então cabe a nós trabalharmos firme e forte para fazer tudo isso se realizar", concluiu.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Único remanescente do título coral, Vítor espera partida difícil e sonha em erguer taça como capitão

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.