Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

Com direito adquirido, Santa Cruz ameaça acionar até a Justiça Comum para inclusão na Sula

Publicado: quarta-feira,1 de fevereiro de 2017, às 14:06
Por: Daniel Lima

O departamento jurídico do Santa Cruz continua lutando pelo direito adquirido de participar da Copa Sul-Americana de 2017. O clube se posicionou oficialmente sobre o que vem sendo feito para inclusão na competição. Foi enviado um ofício à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que levou a representação para a Conmebol, mas o posicionamento oficial das entidades é aguardado. De acordo com o presidente Alírio Moraes, ainda está no prazo de resposta.  

"O Santa Cruz tem a esclarecer que apresentou representação junto à Conmebol e à CBF ressaltando a violação ao seu direito adquirido de participar da Sul-Americana 2017. O clube aguarda ainda a passagem do prazo de manifestação dessas instituições”, afirmou o mandatário coral em entrevista ao site oficial. 

Caso o Santa Cruz não receba algum esclarecimento dentro do prazo, o departamento jurídico irá buscar o direito que foi conquistado dentro de campo na justiça e a briga será nos tribunais (STJD, Fifa e, se for preciso, até a Justiça Comum). “O clube, em breve, deverá judicializar a questão se uma solução não for oferecida", garantiu o presidente Alírio Moraes. 

ENTENDA O CASO:
As vagas do Santa Cruz e do Paysandu/PA na Copa Sul-Americana de 2017 foram perdidas devido a uma mudança no regulamento, anunciada pela Conmebol no mês de outubro do ano passado. Os representantes brasileiros na Copa Libertadores aumentaram de quatro para seis, enquanto que na Sula diminuíram de oito para seis. Com a modificação, os campeonatos regionais - Copa do Nordeste e Copa Verde – perdem suas vagas diretas para a Copa Sul-Americana deste ano.  

Fora do segundo torneio de clubes mais importante do continente, o prêmio de consolação das duas equipes é entrar nas oitavas de final da Copa do Brasil deste ano se juntando aos times que forem eliminados da Copa Libertadores da América. Além do mais, Santa e Paysandu-PA ainda perdem a cota e a renda. Só de verba da primeira fase da competição internacional, são 300 mil dólares ou R$ 1.017.240,00. Vale lembrar que os tricolores e os paraenses foram cortados da Sula sem sequer um aviso prévio.

 

Compartilhe:

Com direito adquirido, Santa Cruz ameaça acionar até a Justiça Comum para inclusão na Sula

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.