Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

11,4444444444444

Classifique:

Futebol Profissional

Relatório da FPF considera “boa” a arbitragem do Clássico das Multidões

Publicado: domingo,19 de fevereiro de 2017, às 17:26
Por: Daniel Lima

As diretorias de Santa Cruz e Sport Recife ficaram na bronca com a arbitragem do primeiro Clássico das Multidões da temporada, mas a Federação Pernambucana de Futebol, mesmo com seis observações de aspectos a melhorar, considerou como boa a condução do árbitro Sebastião Rufino Filho no jogo que terminou em 1 a 1, no estádio do Arruda. Um dia depois do clássico, a FPF fez um balanço, juntamente com o delegado especial da comissão nacional da CBF, Nilson Monção,e com a ajuda de Erick Bandeira.

A avaliação foi enviada na manhã deste domingo (19), via WhatsApp, para os presidentes Alírio Moraes, do Santa Cruz, e Arnaldo Barros, do Sport Recife. Nela, a FPF definiu a partida como “de alto grau de dificuldades, com arbitragem boa”. Os seis pontos que foram listados pela federação como necessitando de melhora foram: intensidade do som do apito; interpretação de faltas; posicionamento; dinamizar a reposição de bola; aplicação de alguns cartões; diferenciar uma reclamação de uma ofensa.

Segundo o relatório, os assistentes estiveram em ótimo nível, “principalmente o AA2, que marcou corretamente um impedimento muito ajustado”. Esse lance, envolvendo Halef Pitbull e Magrão, é justamente o que foi mais criticado pelo Santa Cruz. 

Após o clássico, o vice-presidente Constantino Júnior soltou o verbo e criticou bastante a arbitragem. Para ele, o Santa foi o mais prejudicado pelos erros. Furioso, o dirigente coral exigiu um pedido de desculpa pública tanto da Federação Pernambucana de Futebol (FPF) como do árbitro Sebastião Rufino Filho.  

Constantino Júnior detona a arbitragem do clássico: “O Santa Cruz foi claramente prejudicado”

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Relatório da FPF considera “boa” a arbitragem do Clássico das Multidões

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.