Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

90,125

Classifique:

Futebol Profissional

Pés no chão e sem soberba: Eutrópio fala sobre trabalho de conter euforia e ansiedade no Santa

Publicado: quarta-feira,3 de maio de 2017, às 12:41
Por: Daniel Lima

A empolgação fica para a torcida. Para conter a euforia, o técnico Vinícius Eutrópio conversou com os jogadores do elenco no intuito de manter a concentração e o foco na partida de volta das semifinais da Copa do Nordeste. O papo do treinador com os atletas foi justamente para evitar um clima de vaidade após a vitória do Santa Cruz sobre o Sport Recife por 2 a 1, na Ilha do Retiro, no jogo de ida, no último sábado. 

“Sempre converso com os jogadores, junto com a comissão técnica, mas uma vez por mês tenho um papo só eu e eles. Escolhi a terça-feira para ter uma conversa firme e forte. A euforia está supercontida para o clássico. A nossa realidade é lá no chão”, acentuou o comandante coral. 

Entusiasmo dos atletas? Bem controlado, segundo Eutrópio. Ansiedade para o Clássico das Multidões?  Absolutamente normal porque é decisão. Outro ponto positivo no Santa: nada de soberba. O técnico coral blinda o grupo para evitar que a animação dos torcedores atrapalhe os jogadores. 

“O intuito do torcedor é de apoio e não de empolgação. É isso que a gente tem passado para os jogadores desde o fim do outro jogo. Vai ser um jogo equilibrado e de concentração. Muito mais difícil que a primeira partida”, alertou o treinador tricolor. 

Tricolores e rubro-negros se enfrentam nesta quarta-feira (3), às 21h45, no estádio do Arruda. Já que venceu o primeiro jogo por 2 a 1 na casa do rival, o Santa pode empatar ou perder por um gol de diferença para ir à final da Copa do Nordeste pelo segundo ano seguido.  

 

Compartilhe:

Pés no chão e sem soberba: Eutrópio fala sobre trabalho de conter euforia e ansiedade no Santa

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.