Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

17,1666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Destaque do primeiro semestre, defesa foi vazada nos cinco jogos da Série B

Publicado: quarta-feira,7 de junho de 2017, às 20:49
Por: Alexandre Ricardo

Se por um lado, desde o início da temporada, a armação e o ataque foram alvos de críticas por parte da torcida, o mesmo não se podia dizer da defesa. Com atuações sólidas e um baixo número de gols sofridos, o sistema defensivo veio a ser o grande trunfo do técnico Vinícius Eutrópio. 

Porém, o começo da Série B não vem sendo animador para a retaguarda tricolor. Em todos os cinco jogos realizados até agora no Campeonato Brasileiro da Série B, o Santa Cruz tomou gols. Foram seis gols tomados e sete marcados, evidenciando uma pequena mudança no panorama do elenco.  

A campanha de início, com três vitórias e duas derrotas, deixaram o Mais Querido no G4 ao fim da última rodada. Com nove pontos conquistados até agora, deve-se considerar o fato das laterais estarem passando por constantes modificações: capitão, Vítor sofreu grave lesão e deve ficar fora dos gramados por meses, e Tiago Costa não vem mantendo uma sequência, revezando por inúmeras vezes a posição com Roberto. 

Na frente, a evolução dos números pode ser explicada pelas contratações realizadas pela diretoria para a disputa da competição nacional. Com meias e atacantes na rota de reforços, Eutrópio tem um leque maior de opções para o setor de frente da equipe. O equilíbrio é a meta, e o Santa Cruz já tem outro compromisso para buscar o resultado positivo nesta sexta(9), às 20h30 no Estádio do Arruda contra o Londrina/PR.

Foto: CoralNET

Compartilhe:

Destaque do primeiro semestre, defesa foi vazada nos cinco jogos da Série B

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.