Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

58,8571428571429

Classifique:

Futebol Profissional

Goleiro coral comenta chegada de Grafite e mudança de postura da equipe

Publicado: sexta-feira, 11 de agosto de 2017, às 21:00
Por: Leonardo Albertim

A movimentação da tarde de sexta-feira (11) teve a ilustre presença de Grafite. O atacante, recém-contratado pelo Santa Cruz, subiu e trabalhou normalmente. Com tudo que o ídolo pode agregar ao elenco, Julio César se mostrou bastante animado com o novo reforço.

“Recebemos ele da melhor maneira possível. Ele é uma referência para o clube, para o futebol nacional por tudo que já conquistou. É um líder, um cara admirado por todos. Só veio para agregar. Trouxe qualidade e liderança. Esperamos que ele tenha o mesmo sucesso aqui de novo”, disse o camisa 1.

Um dia após o protesto feito por alguns membros da torcida organizada do Santa Cruz, Júlio César comentou o assunto. O goleiro chegou a conversar com os torcedores que invadiram o gramado. Para ele, a conversa foi tranquila, mas alguns pontos passaram dos limites e não devem ser repetidos.

“Quando os torcedores entraram pra conversar foi tudo numa boa. Estamos abertos ao diálogo. O que ficou chato foi a agressão aos funcionários. Joguei aberto com eles, e foi entendido. Tanto é que logo em seguida eles saíram. É uma reação normal, estamos cientes e queremos reverter”.

TREINOS

“O Givanildo já começou a mudar algumas coisas dentro de campo. E também conversou para que a gente mude nossa postura. Não podemos mais acertar as derrotas. O clima era bom contra o Criciúma, mas as coisas não aconteceram dentro de campo. São esses detalhes que precisamos reverter”.

LÉO LIMA

“Conversei bastante com ele. Nós somos vizinhos. Achei muito bacana e surpreendente ele voltar. Vai ser uma força maior pra todos nós. Ele tem dois filhos pequenos, também sou pai e entendo um pouco a situação dele. E o Leo não precisa tanto da bola para sobreviver. Vai ser um exemplo muito bom pra gente”.

SALÁRIOS

“Eu não gosto de usar imprensa e rede social para ficar cobrando coisas internas. Eu prefiro a conversa olho no olho. Eu não fujo das minhas responsabilidades. Quando falei que tinham algumas coisas para resolver, era o salário que estava atrasado. Mas também precisamos assumir nossos erros. Se for deixarmos pra depois, vai ser ruim. Tudo que a gente puder melhorar vai ser válido”.

Compartilhe:

Goleiro coral comenta chegada de Grafite e mudança de postura da equipe

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.