Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

68,6666666666667

Classifique:

Futebol Profissional

Reconhecendo cobranças da torcida, jogadores encaram pressão com naturalidade

Publicado: quinta-feira,25 de janeiro de 2018, às 18:08
Por: Alexandre Ricardo

Sem vencer ainda neste ano, o elenco coral já está lidando com a pressão da torcida para conseguir os resultados. Ciente dos desafios a serem encontrados durante o ano, o técnico Júnior Rocha vem insistindo que a cobrança é natural e acima de tudo, necessária. 

Ocupar a última colocação do Campeonato Pernambucano é algo que incomoda o grupo, pelo menos é o que garante o lateral-esquerdo Paulo Henrique. Apesar de fatores como a reformulação do grupo e o pouco tempo para trabalhar influnciarem, os atletas têm consciência da responsabilidade que carregam.

" O Santa Cruz não pode estar nessa posição. Nós que estamos aqui almejamos colocar o clube na parte de cima da tabela, pela grandeza da instituição a nível regional e nacional. Incomoda sim essa posição, mas somos homens e queremos melhorar, buscar os resultados e conquistar os objetivos ", assegurou o lateral. 

O fator arquibancada foi abordado pelo meia Arthur Rezende, que assim como Paulo Henrique foi titular nas três partidas realizadas até o momento. Na expectativa de entrar em campo contra o Central, nesta quinta-feira(25), o armador frisou a importância de mostrar em campo o que vem sendo trabalhado no dia a dia.

" A torcida vai estar sempre cobrando, exigindo os resultados. O Santa Cruz é um clube de massa e tem a obrigação de estar sempre pontuando, brigando por títulos. Encaramos com naturalidade esta pressão e estamos nos doando diariamente para corresponder, uma hora a bola vai entrar ", afirmou.

Compartilhe:

Reconhecendo cobranças da torcida, jogadores encaram pressão com naturalidade

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.