Coralnet.com.br - Página principal

Com o Santa Cruz das arquibancadas para o Mundo - desde 1996

Plantão de Notícias

51,5

Classifique:

Futebol Profissional

Santa Cruz e a missão de "juntar os cacos" para o restante do semestre

Publicado: sexta-feira,2 de fevereiro de 2018, às 11:32
Por: Alexandre Ricardo

Passada a eliminação da Copa do Brasil, o Santa Cruz segue agora nas duas competições restantes antes do maior desafio: o acesso à Série B. Ainda sem vencer na temporada, o Mais Querido seguirá as campanhas no Campeonato Pernambucano e Copa do Nordeste.

No torneio regional, a disputa está apenas no seu início. Depois de empatar com o Confiança/SE na estreia por 1x1, o Mais Querido receberá o Treze/PB na próxima terça-feira(6), no Estádio do Arruda. A segunda rodada do Grupo A já começou, com o CRB/AL vencendo os sergipanos por 3x1 e assumindo a liderança com 6 pontos conquistados. 

Neste sábado(3), a equipe treinada por Júnior Rocha retorna aos gramados no sertão pernambucano, enfrentando o Salgueiro. Depois de dois empates e uma derrota, o Santa Cruz folgou na 4ª rodada e atua no Cornélio de Barros necessitando vencer para sair do incômodo penúltimo lugar. Depois da derrota para o Flu de Feira/BA, os atletas já se encontram no local da partida, realizando treino preparativo na tarde desta sexta-feira(2). 

Além de afastar a desconfiança chegando longe em ambas as competições, o clube das três cores também pode visar o auxílio financeiro, principalmente depois de cair fora na Copa do Brasil, torneio bastante rentável em 2018. A Copa do Nordeste, por exemplo, paga R$ 450 mil aos clubes classificados às quartas de final. Para conseguir, o Santa Cruz terá de terminar entre os dois primeiros colocados da chave.

Compartilhe:

Santa Cruz e a missão de "juntar os cacos" para o restante do semestre

* Os comentários são de total responsabilidade dos internautas. Não toleramos mensagens contendo palavras de baixo calão, publicidade, calúnia, injúria, difamação ou qualquer conduta que possa ser considerada criminosa.